Todos os homens são mortais

Todos os homens são mortais Simone de Beauvoir


Compartilhe


Todos os homens são mortais





Um personagem do século XIII, o conde Fosca, desafia o tempo e chega até os dias de hoje questionando tópicos inerentes à natureza humana, tais como a ambição, o poder, a imortalidade, o prazer, o destino e a transcendência. Um ensaio em forma de ficção que realça os absurdos da consciência. Neste trabalho Simone de Beauvoir descreve a vida de um homem imortal, sonhando e freqüentemente afirmado ideal. Mas este romance de projeção mental em que ele mergulha o leitor se refere especialmente ao verdadeiro sentido da vida, que tem valor real por alguns finitude que o caracteriza. Tudo o que faz com que a humanidade e permite que o ser humano a desenvolver e experimentar sentimentos reside principalmente no conhecimento de que o objeto de nosso interesse pode desaparecer, quer através de nossa própria morte ou a sua.

Literatura Estrangeira / Ensaios / Filosofia

Edições (4)

ver mais
Todos os Homens São Mortais
Todos os homens são mortais
Todos os homens são mortais
Todos os homens são mortais

Similares

(1) ver mais
The Rise of Enlightened Sexism

Resenhas para Todos os homens são mortais (8)

ver mais
Imortalidade
on 9/4/10


Depois desse livro, não apenas perdi o medo de morrer, mas passei a encarar a morte como algo necessário, como parte do ciclo natural da vida. Me deu mais tranqüilidade para encarar esse momento tão difícil de entender.... leia mais

Estatísticas

Desejam169
Trocam2
Avaliações 4.4 / 174
5
ranking 60
60%
4
ranking 27
27%
3
ranking 10
10%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

23%

77%

Sergiojo
editou em:
07/10/2015 11:36:38