Tratado da consciência ou do conhecimento de si mesmo

Tratado da consciência ou do conhecimento de si mesmo Bernardo de Claraval
São Bernardo de Claraval


Compartilhe


Tratado da consciência ou do conhecimento de si mesmo





"A consciência é perpétua e, como a alma, não tem fim; pois bem, a alma, que é imortal, não pode existir sem a consciência. A consciência será indefectivelmente a glória ou a confusão inevitável de cada um, conforme a qualidade das coisas que nela deposite. A consciência, pois, morada perpétua da alma, requer ser purificada, primeiro, e solidamente edificada depois. Quem a purificará? Deus e o homem: o homem, por meio de seus pensamentos e afeições. Deus, por sua misericórdia e por sua graça."

Religião e Espiritualidade

Edições (1)

ver mais
Tratado da consciência ou do conhecimento de si mesmo

Similares


Estatísticas

Desejam9
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.1 / 7
5
ranking 43
43%
4
ranking 29
29%
3
ranking 29
29%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

33%

67%

Fabricio
cadastrou em:
28/09/2016 12:07:44
Fabricio
editou em:
28/09/2016 12:09:27

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR