Um Livro de Horas

Um Livro de Horas Emily Dickinson


Compartilhe


Um Livro de Horas


Seleção de Angela Lago




A escrita poética de Dickinson, ambígua, irônica, fragmentada e aberta a várias possibilidades de interpretação, antecipa, sob muitos aspectos, os movimentos modernistas que se sucederiam depois de sua morte. Essa instigante poesia, nascida na solidão e no anonimato, mas impregnada dos mais profundos valores humanos, dá hoje a Emily Dickinson um merecido e imorredouro lugar na literatura universal. O chamado Livro de horas constituía um gênero medieval, que continha orações e salmos para as diversas horas do dia. Em geral, vinha ornamentado por iluminuras, esses contornos de flores e volutas que, como bordados, circundavam os manuscritos. Angela-Lago não perdeu isso de vista ao selecionar e traduzir os poemas que compõem este livro: escolheu aqueles que nos tocam com simplicidade, evocando o canto e o reencantamento do mundo.

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Um Livro de Horas

Similares


Resenhas para Um Livro de Horas (7)

ver mais
A simplicidade de uma vida e de uma escrita.
on 30/4/14


"Aonde quer que eu vá, descubro que um poeta esteve lá antes de mim."(Sigmund Freud) UM LIVRO DE HORAS, coletânea de poemas de Emily Dickinson, de seleção, tradução e ilustração de Angela-Lago, em edição bilíngüe, é um belíssimo exemplo de poetisa que soube transcender o que havia de mais forte e intenso dentro de si: o amor pela escrita. Assim como o chamado livro de horas constituía um gênero medieval com iluminuras e continha orações e salmos para as diversas horas do dia, e... leia mais

Estatísticas

Desejam11
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.8 / 80
5
ranking 33
33%
4
ranking 31
31%
3
ranking 26
26%
2
ranking 7
7%
1
ranking 2
2%

26%

74%

Pris
cadastrou em:
08/07/2009 19:54:17
caarolparker
editou em:
17/01/2020 11:09:35