Uma Criatura Dócil

Uma Criatura Dócil Fiódor Dostoiévski


Compartilhe


Uma Criatura Dócil





Marcado pela humilhação e pelo orgulho, o narrador acompanha a busca progressiva de sua mulher por liberdade. Quando escreve esta obra-prima de 1876, Dostoiévski (1821-1881) já é o grande romancista de Crime e castigo (1866), O idiota (1868) e Os demônios (1872).

Edições (3)

ver mais
Uma Criatura Dócil
Uma Criatura Dócil
Uma Criatura Dócil

Similares

(20) ver mais
O Amante
A Festa de Babette
Este Lado do Paraíso
O Som e a Fúria

Resenhas para Uma Criatura Dócil (29)

ver mais
Tenebrosa Rotina
on 14/6/20


"Pois é, por enquanto ela está aqui, ainda está tudo bem: venho olhá-la a cada instante; mas amanhã será levada, e como é que irei me arranjar sozinho?" Um agiota de 41 anos, por suas próprias palavras egoísta, desagradável, que além do mal não faz nada, num casamento com uma menina de 16 anos, pobre e uma criatura dócil, também nas palavras dele. Ele está narrando esta história a partir de seus pensamentos enquanto ela está morta encima da mesa após cometer suicídio. Recomendo d... leia mais

Vídeos Uma Criatura Dócil (1)

ver mais
Uma Criatura Dócil, Dostoiévski

Uma Criatura Dócil, Dostoiévski


Estatísticas

Desejam160
Trocam1
Avaliações 4.2 / 767
5
ranking 45
45%
4
ranking 38
38%
3
ranking 16
16%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

35%

65%

Helena
cadastrou em:
03/02/2009 09:34:56