Uma crítica ao Intervencionismo

Uma crítica ao Intervencionismo Ludwig Von Mises


Compartilhe


Uma crítica ao Intervencionismo





Quando Ludwig von Mises, o grande economista da Escola Austríaca, escreveu os seis ensaios desta obra, ele se referia às teorias e políticas que permeavam os programas sociais e econômicos da infortunada República de Weimar dos anos de 1920, na Alemanha. Mas esses escritos clássicos são tão importantes hoje como o foram há quase um século. Os nomes e os lugares mudaram, mas as mesmas noções estatistas ainda existem. E as críticas incisivas de Mises, firmemente baseadas em princípios econômicos imutáveis, são ainda válidas.
O conjunto destes ensaios destrói a noção de que pode haver um meio termo intervencionista entre uma ordem social livre, baseada na propriedade privada, e uma sociedade totalitária de propriedade governamental ou de gerenciamento da produção e distribuição. Mises não deixa duvida quanto ao fato de que não pode haver meio termo democrático entre o liberalismo clássico e o comunismo.

Edições (2)

ver mais
Uma crítica ao Intervencionismo
Uma crítica ao Intervencionismo

Similares

(42) ver mais
Os Erros Fatais do Socialismo
Economia e Filosofia na Escola Austríaca
Ação Humana
O Caminho da Servidão

Resenhas para Uma crítica ao Intervencionismo (2)

ver mais
Ótimo
on 23/1/14


Segundo livro que leio do Mises - o primeiro foi As Seis Lições - e novamente fiquei abismada. Sua análise é extremamente lógica, os ensinamentos do livro escrito em 1940 valem pra hoje, e mostra como democracia e livre mercado estão relacionados. Na primeira parte do livro, o autor mostra o que é capitalismo, socialismo e intervencionismo. Depois explica em sete capítulos os diferentes tipos de intervenção e como isso afeta a economia. Por fim, encerra com a conclusão. São muita... leia mais

Estatísticas

Desejam27
Trocam1
Avaliações 4.3 / 47
5
ranking 47
47%
4
ranking 38
38%
3
ranking 13
13%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

85%

15%

rodrigo
cadastrou em:
09/01/2012 09:50:39