Uma janela em Copacabana

Uma janela em Copacabana Luiz Alfredo Garcia-Roza


Compartilhe


Uma janela em Copacabana





Copacabana, Rio de Janeiro. Três policiais são executados em curto espaço de tempo, eram tiras medíocres, e suas mortes têm muito em comum. Foram eliminados por um assassino frio, que não deixa rastro e costuma disparar à queima-roupa.
De imediato, o mundo policial entra em rebuliço. Quem estaria disposto a correr o risco de sair matando tiras, ainda que inexpressivo? Gente ligada ao tráfico de drogas? À própria polícia? E por quê?
Em meio às confusões de seu cotidiano de livros sem estantes e mulheres fugidas, o delegado Espinosa, titular do 12º DP, tem poucos elementos para desvendar o caso. Ele e sua equipe enfrentam olhares temerosos e desconfiados dos colegas, muito deles comprometidos com a corrupção. Percorrendo as ruas de sua geografia predileta, entre os bairros do Leme e de Copacabana, o delegado irá deparar-se com outras mortes e com os mistérios da insinuante esposa de um membro do primeiro escalão do governo federal.

Romance policial

Edições (1)

ver mais
Uma janela em Copacabana

Similares

(6) ver mais
O Silêncio da Chuva
Vento Sudoeste
A última mulher
Uma janela em Copacabana

Resenhas para Uma janela em Copacabana (4)

ver mais
Ótimo suspense
on 15/6/20


Suspense bem escrito, rápido de ler, instigante e inteligente. Super indico!... leia mais

Estatísticas

Desejam2
Trocam1
Avaliações 4.1 / 52
5
ranking 38
38%
4
ranking 37
37%
3
ranking 23
23%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

35%

65%

Pamela
cadastrou em:
27/12/2011 10:56:34
Eduardo
editou em:
10/11/2017 15:21:45