Uma menina está perdida no seu século à procura do pai

Uma menina está perdida no seu século à procura do pai Gonçalo M. Tavares


Compartilhe


Uma menina está perdida no seu século à procura do pai





Na Europa após a Segunda Guerra, em meio a uma paisagem de escombros, figuras esqueléticas e quase absoluto desamparo social e psicológico, uma menina e um homem perambulam por entre as ruínas. A menina é Hanna, tem catorze anos, é portadora de uma doença congênita e está em busca do pai; o homem é Marius, sujeito enigmático que parece se esconder do próprio passado. Essa improvável dupla protagoniza Uma menina está perdida no seu século à procura do pai.

Desprotegida, com dificuldades de comunicação, Hanna carrega uma caixa repleta de fichas com uma espécie de curso, com atividades e perguntas, e é a partir delas que se lança num questionamento sobre o que é o ser humano - muitos dos objetivos de aprendizagem são difíceis de serem atingidos até por pessoas sem deficiência mental. Junto com Marius ela vai parar em um estranho hotel em Berlim: os quartos não têm números, mas carregam os nomes dos campos de concentração que, pouco tempo antes, foram o palco do inferno para milhões de pessoas. Quando Marius pergunta por que fazem aquilo, a dona do hotel responde: “Porque podemos. Somos judeus”.

Este novo romance de Gonçalo M. Tavares ganha contornos fantasmagóricos e irônicos típicos do autor português, que, avesso às convenções do gênero, constrói aqui um retrato a um só tempo abstrato e absolutamente tocante sobre as verdadeiras vítimas da guerra: as pessoas comuns, aquelas mais fragilizadas, que de repente se veem à margem de todos os acontecimentos. Há algo de calculado mistério ao longo de todo o romance, porém a ousadia não é pretexto para estéreis jogos formais. Com maestria, o autor apresenta a vida de seus personagens com intensidade, empatia e um gosto quase inesgotável para capturar os detalhes mais inesperados da vida de cada um.

Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Uma menina está perdida no seu século à procura do pai

Similares

(16) ver mais
Toda poesia
O Pagador de Promessas
Melhores contos de Nelida Pinon
Um Homem: Klaus Klump

Resenhas para Uma menina está perdida no seu século à procura do pai (10)

ver mais
uma obra profunda
3 weeks, 1 day ago


no geral, as análises feitas na obra são bem pesadas. temos tatuagens psíquicas marcantes do jeito ruim evidenciadas; o sentimento de não pertencimento e abandono; traumas expostos de forma indireta e a parceria de pessoas que se entendem por terem passado pelo mesmo - as quais também dividem o medo de terem essas situações compartilhadas apagadas pela história. o autor escreveu bem sobre as cicatrizes deixadas pela guerra nas pessoas - é um ótimo livro para reflexão. no fim, todos sor... leia mais

Estatísticas

Desejam92
Trocam6
Avaliações 3.7 / 174
5
ranking 25
25%
4
ranking 39
39%
3
ranking 30
30%
2
ranking 5
5%
1
ranking 2
2%

28%

72%

Marcos
cadastrou em:
15/10/2015 17:29:48
andre
editou em:
02/11/2020 19:50:24

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR