Unicórnio verde-amarelo

Unicórnio verde-amarelo Paulo Veras...


Compartilhe


Unicórnio verde-amarelo


Como a 99 se tornou uma start up de um bilhão de dólares




Reconhecida como o primeiro unicórnio brasileiro ― status que uma start-up ganha ao ser avaliada em mais de um bilhão de dólares ―, em 2018, a 99 foi vendida para o conglomerado chinês de mobilidade Didi Chuxing. Mas o caminho até a venda internacional foi repleto de altos e baixos, trabalho árduo e desafios.
A 99 iniciou sua operação em 2012, época em que pedir táxi por aplicativo de celular estava longe de ser algo difundido no Brasil ― afinal, os aplicativos de carro particular só chegariam aqui a partir de 2014. Com o foco em dominar São Paulo, e em seguida o restante do país, Paulo Veras e os sócios Ariel Lambrecht e Renato Freitas sempre priorizaram a experiência de passageiros e motoristas e a qualidade e dedicação do time como pilares para o crescimento saudável e acelerado.
Embora revolucionária e rapidamente exitosa, a trajetória da 99 teve cada passo avaliado de forma minuciosa. Revelando histórias divertidas e inusitadas, Paulo Veras mostra bem de perto como a 99 partiu do zero e, em apenas cinco anos, se tornou um unicórnio.

Negócios e Empreendedorismo

Edições (1)

ver mais
Unicórnio verde-amarelo

Similares

(13) ver mais
Startup Brasil
Startup
Nada Easy
Start.

Estatísticas

Desejam5
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.3 / 7
5
ranking 43
43%
4
ranking 43
43%
3
ranking 14
14%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

66%

34%

Jéssika Elizandra
cadastrou em:
07/11/2020 22:47:27
Jéssika Elizandra
editou em:
07/11/2020 22:47:52

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR