Viagem em Volta do Meu Quarto

Viagem em Volta do Meu Quarto Xavier de Maistre


Compartilhe


Viagem em Volta do Meu Quarto





Viagem em volta do meu quarto foi publicado pela primeira vez no final do século XVIII. O autor, em prisão domiciliar, resolve fazer da escrita do texto uma oportunidade de viagem. Especulativa, bem humorada, a antiépica, criada por Xavier de Maistre, é um grande passeio pela alma do narrador. O individualismo nascente, imposições políticas da época [a Revolução Francesa é um fato recente e a família nobre do autor sofreu as consequências desse momento], discussões filosóficas, mulheres... tudo é tema para reflexão enquanto o narrador olha para suas quatro paredes. O tom geral é bastante irônico, mas a exploração psicológica da consciência juntamente com um estilo que cria digressões intermináveis aparentemente sem objetivo, aproximam-no do A vida e as opiniões do cavalheiro Tristram Shandy (1767) de Sterne, a grande ‒ e declarada ‒ influência desse texto. "Expedição noturna em volta do meu quarto" foi publicado no começo do século XIX, agregando-se ao primeiro texto, continuando a mesma proposição. Segue-se o mesmo modelo, a narrativa parte do confinamento do quarto [embora, desta vez, sem as implicações policiais] para um passeio pelas paisagens pessoais do narrador, ainda que neste texto a visão do céu e de uma vizinha sua motive boa parte da narrativa.

Ficção / Literatura Estrangeira / Aventura / Fantasia / História / Romance / Suspense e Mistério

Edições (5)

ver mais
Viagem em Volta do Meu Quarto
Viagem à Roda do Meu Quarto
Viagem ao redor do meu quarto
Viagem à Roda do Meu Quarto

Similares

(17) ver mais
A Journey Around My Room
Voyage autour de ma chambre
Os Franceses
Viagens de Gulliver

Resenhas para Viagem em Volta do Meu Quarto (2)

ver mais
Uma Viagem pelo Pensamento
on 14/6/11


Viagem à Roda do meu Quarto, na edição que eu li, seguido de sua continuação Expedição Noturna à Roda do Meu Quarto, é uma obra satírica, construída em contraponto aos relatos de viagem, já satirizados por Swift em As Viagens de Gulliver, e levados a outro extremo do ridículo por Xavier de Maistre. Neste livro, o seu narrador empreende uma expedição confinada aos limites de seu quarto, indo da cama à poltrona, da poltrona à escrivaninha, etc. Em tais circunstâncias, o sonho, os pensam... leia mais

Estatísticas

Desejam37
Trocam4
Avaliações 3.7 / 53
5
ranking 25
25%
4
ranking 30
30%
3
ranking 36
36%
2
ranking 9
9%
1
ranking 0
0%

53%

47%

Bell
cadastrou em:
30/10/2010 12:20:55
Steph Mostav
editou em:
26/08/2015 10:40:30