O Médico e o Monstro

O Médico e o Monstro
3.87632 4722



Resenhas - O Médico e o Monstro


100 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Allan 25/04/2016

Fraco e covarde..
Um homem que não aceitou sua própria sombra e, ao negá-la, negou também seu contraponto de luz.
Todo o livro é de uma covardia londrina muito frágil. Imagino que se os ingleses fossem mesmo como são descritos nos livros dos séculos XVIII e XIX a Inglaterra não teria resistido em absoluto a nada!
A história é fraca, os personagens rasos e o mistério inexiste. Não sei dizer se inexiste porque todos hoje já sabem o final ou se porque o autor realmente falha em transmitir esse mistério. Porém há uma autenticidade nos relatos do médico temendo o monstro, que transforma uma obra fraca em algo bom. E o amor que o público tem pela sombra transformou-a em clássico. Uma pena, mas me decepcionou.
comentários(0)comente



Jéssica Santos 14/04/2016

Finalmente li o famigerado O Médico e o Monstro, uma dualidade entre o bem e o mal. O que prevalece em você? Quais valores? Escrito por Robert e lançado em 1886.
Um livro com um pouco mais de 100 páginas, portanto não posso falar muito, sem que caia em spoiler suashuahsuahs.
comentários(0)comente



Ricardo1z 09/04/2016

Clássicos da literatura 5
Começa com uma narrativa muito agradável, a leitura é leve. Um conto que representa bem o conceito de "dualidade" presente dentro de cada um de nós.
comentários(0)comente



Natalie 04/04/2016

Leitura regular
Confesso que esperava mais do livro. A críticas sempre foram muito favoráveis a ele, mas o que encontrei foi uma história rasa, que sem dúvidas poderia ter sido mais bem explorada pelo autor, uma vez que o tema é bem interessante: a dualidade existente na personalidade humana e a preponderância da imoralidade sobre a moralidade.

Pra não dizer que não falei das flores, o que deixa a leitura um pouco fluida é que o enredo é contado em terceira pessoa, o que mostra a visão de terceiros com relação ao médico e o monstro. Falo terceiros porque mais de uma personagem ingressa na trama para contar seu ponto de vista. De resto, deixa a desejar.
comentários(0)comente



Yolanda 26/03/2016

Um suspense de tirar o fôlego
Embora seja uma história há muito conhecida por mim seja nas referências dos desenho animados ou em outras ocasiões e, ainda que eu conhecesse o grande desfecho é uma história que te prende durante toda sua narrativa. Não a considero como um terror, como li em várias ocasiões, mas um suspense de primeira categoria que te deixa tenso a todo momento, ansioso pelo próximo passo das personagens. O fato de conhecer a história só me deixava mais e mais tensa ao esperar que a personagem principal fizesse a grande descoberta. Recomendo a leitura com toda a certeza do mundo!!!!!
comentários(0)comente



Henri B. Neto 17/03/2016

Resenha: O Médico e o Monstro
Mesmo estando bastante atrasado, estou conseguindo colocar em dia a minha meta pessoal de ler ao menos 12 clássicos neste ano de 2016. Depois da agradável surpresa que foi "O Papel de Parede Amarelo", resolvi criar coragem e começar uma história que a tempos sentia vontade de ler: O Médico e o Monstro ou O Estranho Caso de Dr. Jekill e Mr. Hyde, de Robert Louis Stevenson.

Acho que, mesmo se você nunca tiver lido a narrativa, já deva ter uma boa noção de quem seja Dr. Jekill e Mr. Hyde - o que já adianto, deve ser o maior caso de spoiler do mundo, pois este é o grande plot twist da história... Mesmo assim, o texto teve as suas surpresas, e foi isto que me prendeu até o fim.

Para começar, o livro tem um forte tom de suspense - o que já confesso, não esperava. Sempre achei que a narrativa seguiria a luta interna de Dr. Jekill, quando na verdade acompanhamos as investigações de seu advogado e melhor amigo, tentando compreender a ligação do médico com o famigerado Hyde. Outra surpresa foi a descrição do "monstro", que NADA tem a ver com o imaginário popular. E para completar, temos esta Londres vitoriana - enevoada, escura, sombria... E que é quase um personagem.

Mesmo já sabendo do seu principal segredo e, infelizmente, do seu final (dica do amigo: NÃO Leia o prefácio antes do livro... Ele te entrega o destino do personagem de forma absurdamente gratuita), "O Médico e o Monstro" foi uma experiência deliciosa. Digo mais: Se você, assim como eu, é aquele tipo de leitor que tem medo - ou preguiça - de ler clássicos, vale dar uma chance para a história.

Henri B. Neto
''Na Minha Estante''
comentários(0)comente



Vi Sampaio 29/02/2016

Diferentes perspectivas numa obra complexa
Apesar de achar que a tradução deixou a linguagem um tanto simplória, gostei muito do livro. A história é intrigante e leva, de maneira mais importante, à reflexão sobre o ser humano e de que forma ele lida com as suas inseguranças, seus desejos e a supressão das suas vontades mais sombrias. Um livro para favoritar, com certeza!
comentários(0)comente



Vickawaii 18/02/2016

Dr. Jekyll & Mr. Hyde
“The Strange Case of Dr. Jekyll & Mr. Hyde” é um livro de 1886 escrito por Robert Louis Stevenson retratando o fenômeno de múltiplas personalidades ou, melhor dizendo, o dualismo humano. Na obra, o advogado Gabriel John Utterson é surpreendido quando seu cliente, Dr. Jekyll, refaz seu testamento tornando o misterioso Mr. Hyde como seu beneficiário. Mr. Hyde é uma pessoa de aparência sombria e personalidade cruel e violenta, de modo que, após o assassinato de um homem e a reclusão total do Dr. Jekyll em seu laboratório, os personagens passam a investigar a estranha conexão entre Dr. Jekyll e Mr. Hyde.

(Resenha completa no blog Finding Neverland)

site: http://wheresmyneverland.blogspot.com.br/2014/11/book-challenge-7-strange-case-of-dr.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Victor 16/01/2016

O Médico e o Monstro
Nunca leio as sinopses na parte de traz dos livros, pois gosto de manter o suspense ao máximo: qualquer novidade se torna uma surpresa pra mim. Mas por uma infelicidade do destino resolvi ler a desse livro. E foi como se eu lesse o nome do assassino num livro da Agatha Christie. A estória vai nos mostrando as dúvidas e as teorias de Mr. Utterson à cerca de uns acontecimentos estranhos que ocorrem em sua cidade, o que não tem tanta graça, pois eu, por ler a sinopse, sei o que realmente acontece- e o porquê. Acredito que tenha sido um erro da editora, pois o mistério só é revelado ao final do livro, nas últimas páginas, então não entendi o por quê de tamanho spoiler logo na sinopse. Porém, mesmo com esse detalhe, a estória é incrível, apresentando uma leitura tranquila, rápida e aconchegante, conseguindo me envolver o tempo todo. Seria ainda melhor se eu não soubesse a solução para os mistérios, que me foi apresentada pela própria edição. Mesmo assim, a leitura é mais que recomendada, juntamente com- apesar dos pesares- esta edição em capa dura, que deu a vida e a sofisticação que esse clássico merece. Vale muito à pena , mas cuidado com a sinopse!
Maxwell_deVries 26/01/2016minha estante
Realmente a sinopse quebra todo o clima de suspense e a revelação final. Ainda bem que eu não li nenhuma sinopse antes hehehe




Ewerton.Carvalho 10/01/2016

O Médico e o Monstro
Um dos livros mais fantástico que já li. Primeiro pela originalidade e por ter feito seguidores em todas as partes do mundo.
comentários(0)comente



Sandro 06/01/2016

Ambivalência
1. estado, condição ou caráter do que é ambivalente, do que apresenta dois componentes ou valores de sentidos opostos ou não.
2. existência simultânea, e com a mesma intensidade, de dois sentimentos ou duas ideias com relação a uma mesma coisa e que se opõem mutuamente.
comentários(0)comente



Mari 26/12/2015

Minha breve opinião...
Oi galera, postei minha opinião no meu blog. E como não gosto de resenhas super longas, tentei ser o mais breve possível. Passem lá ;) Obrigada

site: http://perfectpick001.blogspot.com.br/2015/12/o-medico-e-o-monstro-robert-l-stevenson.html
comentários(0)comente



Bruno 23/12/2015

Dr. Jekyll & Mr. Hyde
No livro O Médico e o Monstro, de RL Stevenson, temos uma história muito estranha. Stevenson mescla elementos de horror baseados em investigação criminal, crenças religiosas, mesmo que escondidos no texto, e fatores psicológicos e que desafiam a medicina.
A história é contada pelo ponto de vista de um advogado, amigo de Dr Jekyll. Após ter uma conversa com outro amigo, acerca de uma estranha porta na vizinhança, ele interessa-se pela história contada pelo amigo, lembra do testamento do doutor, que está sob seus cuidados, e o relê, verificando que Jekyll deixará sua herança para o tal Hyde.
Com a preocupação de um amigo, este advogado vai à casa do doutor, pois ele está tendo uma vida mais reservada e não sai muito de casa, e eles tem uma conversa a respeito do testamento e de seu beneficiário. Após isso, acontecem vários fatores que pioram a reputação de Hyde e que acabam por interferir na vida de Jekyll. Depois de um determinado acontecimento, Hyde desaparece e o doutor acaba voltando a ter uma vida mais social. Contudo, de uma hora para outra, Jekyll volta a se esconder em casa e se recusa a receber visitas.
O fim da história não cabe a mim contar, pois, se assim eu fizer, poderá estragar a experiência de quem o ler.
O horror do livro só é revelado em seu final, quando descobrimos o que aconteceu com Dr Jekyll e com o Mr Hyde, porém, durante toda a leitura, o autor nos descreve a aparência desagradável de Mr Hyde e as sensações de repulsa e medo que ele transmite às pessoas que acabam por se encontrar com ele. As suas atitudes também revelam o seu caráter. A verdadeira relação de ambos também só é revelada no final, após uma trajetória instigante e curiosa, revelada por uma carta de Dr Jekyll.
As revelações feitas amarram a trama de forma muito bem feita e trazem à tona uma situação horrorosa, desagradável e muito maluca, porém, com o que é descrito, somos convencidos de que tudo aquilo poderia ser verdade, e é exatamente esse ponto que deixa o livro interessante.
A escrita dele é muito bem feita e o desenrolar da história acontece de uma forma tão natural e bem desenvolvida que é possível nem perceber a riqueza da escrita. É fácil e rápido de ler.
Mesmo que o livro seja curto, podendo ser lido em poucas horas, traz momentos densos e curiosos, tornando a leitura prazerosa e instigante. Vale a leitura para todos os amantes de uma boa história, bem escrita e de qualidade. Recomendo fortemente!
Uma coisa curiosa que achei durante a pesquisa de imagens para o post, é que a aparência de Hyde é tratada, na maioria das imagens, como um ser que parece um monstro realmente, geralmente lobisomen ou vampiro. Na realidade, o que o torna um monstro são suas atitudes e a estranheza desagradável de estar em sua companhia. Durante a leitura, não consegui imaginá-lo como um cara de aparência grotesca e monstruosa. Acho que imagino ele mais parecido com um psicopata, sociopata, do que essa descrição visual que utilizaram para o personagem. Acredito que essa caracterização de Hyde seja para ilustrar o monstro do título, apenas.
É isso então. Está lendo alguma coisa relacionada ao tema horror, terror ou morte? Já leu O Médico e o Monstro? Deixe seu comentário!
O mês do horror só começou e temos tempo para ler algumas coisas horrorosas (no bom sentido, é claro)! Até a próxima página monstruosa!

site: http://blogpaginando.blogspot.com/2015/10/dr-jekyll-e-mr-hyde.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



100 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7