A arte de matar

A arte de matar Cleberson Kadett


Compartilhe


A arte de matar


Os ideais de um comandante




Durante a Segunda Guerra Mundial, um general-comandante ousou desafiar o seu próprio país e a sua própria nação, valendo-se do desvio de informações e espionagem. Guiado por suas próprias ambições ele traiu exércitos, realizou emboscadas e conseguiu, sozinho, destruir todo um primado, baseando-se em ideias conflitantes e antagônicas, mas que ao mesmo tempo estavam interligadas em uma ideologia própria. Descendente de russos e naturalizado alemão, ele se tornaria um mestre na arte da persuasão, influenciando a muitos e dominando todos que o cercavam, até sua polêmica morte no final da guerra. Suas ações seriam decisivas para a derrocada do Terceiro Reich, bem como para sua própria queda pessoal.

Literatura Brasileira

Edições (1)

ver mais
A arte de matar

Similares


Resenhas para A arte de matar (2)

ver mais
Impressionante!
on 19/3/18


O livro retrata os pensamentos e os ideais de um comandante de guerra conhecido como Carl ou "o deus da guerra moderna" como muitos o chamavam. Ele era calculista e manipulador, traidor que trabalhava nos dois lados na guerra, um verdadeiro arquiteto da guerra fria. Sua morte causa um verdadeiro alvoroço, e ninguém sabe ao certo quem o matou, ou o que o levou a morte. Um livro muito bem escrito. Parabéns ao autor pelo talento. Logo de início eu me identifiquei bastante com o personag... leia mais

Vídeos A arte de matar (1)

ver mais
A ARTE DE MATAR - Os ideais de um comandante

A ARTE DE MATAR - Os ideais de um comandante


Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.7 / 3
5
ranking 67
67%
4
ranking 33
33%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

50%

50%

Cleberson Kadett
cadastrou em:
01/10/2016 14:04:12