A carta de Pero Vaz de Caminha

A carta de Pero Vaz de Caminha Pero Vaz de Caminha


Compartilhe


A carta de Pero Vaz de Caminha





A “Carta de Pero Vaz de Caminha” ou “Carta a el-Rei Dom Manoel sobre o achamento do Brasil” foi um documento escrito pelo escrivão português Pero Vaz de Caminha.

Redigido em 1.º de maio de 1500, em Porto Seguro, Bahia, foi levado para Lisboa sob os cuidados de Gaspar de Lemos, considerado um dos maiores navegadores de seu tempo.

Apesar de ter sido escrita no século XVI, a Carta foi descoberta muitos anos depois, no século XVIII por José de Seabra da Silva (1732-1813). Ele era estadista, ministro e guarda-mor da Torre do Tombo.

Sua aparição oficial e acadêmica é obra do filósofo e historiador espanhol Juan Bautista Munoz (1745-1799).

No Brasil, sua primeira publicação foi em 1817, na obra “Corografia Brasilica”.

Provavelmente, a primeira versão editada no Brasil foi do Padre Manuel Aires de Casal (1754-1821). Ele era geógrafo, historiador e sacerdote português que viveu boa parte de sua vida em território brasileiro.

Importante notar que a Carta de Caminha é considerada o primeiro documento redigido no Brasil e, por esse motivo, é o marco literário do País. Ele faz parte da primeira manifestação literária pertencente ao movimento do Quinhentismo.

História do Brasil

Edições (1)

ver mais
A carta de Pero Vaz de Caminha

Similares


Estatísticas

Desejam1
Trocam1
Avaliações 4.4 / 8
5
ranking 63
63%
4
ranking 13
13%
3
ranking 25
25%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

47%

53%

Deyvid.Denner
cadastrou em:
04/01/2018 18:36:25
Karin
editou em:
15/04/2019 13:49:40