A Diferença Que Fiz

A Diferença Que Fiz Gutti Mendonça


Compartilhe


A Diferença Que Fiz





Arthur Zanichelli é um garoto incapaz de perceber a sorte e os privilégios que tem. Filho do doutor Guilherme, um renomado e bem-sucedido médico, dono de um dos hospitais mais bem-conceituados da cidade, Zani, como gosta de ser chamado, prefere insistir no desgaste de sua relação com o pai.

Perto de seus 18 anos, Arthur ainda não consegue perdoar o pai pela morte da mãe quando ainda era apenas uma criança. Ao longo dos anos, a relação de ambos se torna cada vez mais insustentável. Arthur é o exemplo clássico de rebeldia adolescente, se envolvendo com más influências e com fascínio por tudo que é errado ou proibido.

Tendo cruzado a linha do limite há muito tempo, Zani persiste no caminho do incorreto e do inconsequente, mas, quando ele começa a se distanciar demais desta linha, seu pai, com medo de que não houvesse mais volta e que esta rebeldia se consolidasse na personalidade de uma pessoa ruim, resolve ser radical.

Doutor Guilherme decide expulsá-lo de casa e o envia para um hospital em uma pequena cidade do interior aos cuidados de um colega de profissão. Arthur é obrigado a se passar por um dos pacientes do hospital, que atende e recebe apenas crianças e adolescentes carentes.

Sentindo o enorme contraste de realidade, Arthur começa a conhecer uma vida que não conseguia sequer imaginar que existia. Sem abandonar seu espírito de revolta e maldade, causando muitos conflitos, ele transforma o cotidiano dos internos.

Com personagens marcantes, A diferença que fiz mostra o quanto somos capazes de transformar o mundo – para o bem ou para o mal. Essa história emocionante faz com que tenhamos uma visão mais clara das pessoas que devemos dar valor e das mudanças que devemos buscar em nós mesmos.

Romance

Edições (1)

ver mais
A Diferença Que Fiz

Similares


Resenhas para A Diferença Que Fiz (3)

ver mais
Marcante, envolvente, desfecho arrebatador
on 24/6/17


Certamente muitos já se perguntaram a diferença que fizeram diante de alguma situação ou mesmo na vida de alguém após um certo período de convivência, a curto ou longo prazo. Na literatura essa tese também é apresentada vez ou outra em algumas obras e interligada aos vários assuntos que seus autores inserem em seus enredos, ocasionando tantas reflexões aos leitores mais apegados ao tema, que no geral, quando adaptado ao universo verídico, tendem a passar muitos ensinamentos. O conte... leia mais

Vídeos A Diferença Que Fiz (1)

ver mais
Livro 41: A diferença que fiz! - Livro sobre câncer

Livro 41: A diferença que fiz! - Livro sobre


Estatísticas

Desejam13
Trocam1
Avaliações 4.9 / 23
5
ranking 96
96%
4
ranking 4
4%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

20%

80%

Rogério
cadastrou em:
24/09/2015 14:12:01