A literatura nazista na América

A literatura nazista na América Roberto Bolaño


Compartilhe


A literatura nazista na América





Este livro é, nas palavras do autor, “uma antologia vagamente enciclopédica da literatura nazista produzida na América entre 1930 e 2010”. Com a publicação desta coletânea de escritores fictícios e infames, Roberto Bolaño chamou pela primeira vez a atenção da crítica, que o saudou por sua “originalidade e imaginação brilhante”.

Organizada como uma antologia de escritores simpáticos ao horror, esta engenhosa obra compila perfis dedicados à vida e aos livros de autores de um cânone fictício e delirante. Ao antecipar todas as temáticas que viriam a ser recorrentes na obra do autor, A literatura nazista na América é um livro-chave e cada vez mais atual na sua reflexão sobre o mal e a violência. As vidas imaginárias perfiladas neste livro ― que pode ser lido como um volume de contos, mas, principalmente, como um romance, como queria seu autor ― irão se converter numa paródia sombria (e atual) da história real da literatura e da política do continente.

Neste livro, Bolaño radicaliza seu projeto de tirar a literatura do pedestal e mostrar como ela é também cúmplice da barbárie. O nazifascismo não morreu: sua ideologia persiste difusa em toda cultura. ― Antônio Xerxenesky

O autor chileno escancara a debilidade e hipocrisia de nossas sociedades letradas quando se trata de sua relação com o poder. ― Edmundo Paz Soldán

Na obra de Bolaño, a literatura é uma compulsão indigna e não particularmente agradável, como fumar. ― N+1

Sua maneira de construir textos ao mesmo tempo desconcertantes, brilhantes e infinitamente próximos é uma forma de resistir ao mal, à adversidade, à mediocridade. ― Le Monde

Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (2)

ver mais
A literatura nazista na América
A Literatura Nazi nas Américas

Similares

(15) ver mais
2666
Vidas Imaginárias
História Universal da Infâmia
historia universal de la infamia

Resenhas para A literatura nazista na América (6)

ver mais
on 13/10/21


Fiquei absurdamente impressionada com a criatividade do Bolaño. Não que eu subestimasse sua capacidade imaginativa, longe disso, mas nesse livro, é realmente impressionante como ele consegue criar tantas biografias, tão cheias de detalhes, complexas, que as vezes parece impossível isso tudo não ser verdade. Aqui já se vê as características da prosa do autor que seria tão bem desenvolvida em "Os Detetives Selvagens". Ótima leitura. ... leia mais

Estatísticas

Desejam87
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.1 / 91
5
ranking 36
36%
4
ranking 46
46%
3
ranking 16
16%
2
ranking 1
1%
1
ranking 0
0%

48%

52%

Adriana Scarpin
cadastrou em:
09/02/2019 16:29:29
Jenifer
editou em:
19/10/2019 23:01:54

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR