A ponte invisível

A ponte invisível Julie Orringer


Compartilhe


A ponte invisível





Em seu primeiro romance, Julie Orringer se inspira na experiência de seus antepassados húngaros durante a Segunda Guerra Mundial para construir uma narrativa ficcional cativante, que pode ser lida como uma história de amor, um thriller de guerra ou um romance histórico.

Aos 22 anos, Andras Lévi recebe um convite para estudar na École Spéciale d’Architecture e se vê diante da repentina realização do sonho de deixar a Hungria para residir na charmosa Paris dos anos 1930. Tibor Lévi, por sua vez, consegue ingressar na faculdade de medicina de Modena, na Itália. Sempre que as parcas economias e a rotina de estudos permitem, os dois irmãos se reúnem para trocar confidências e aproveitar a noite parisiense. Andras, que se apaixona por uma mulher mais velha com um passado misterioso, logo se torna mais uma das preocupações de Tibor, que também se vê às voltas com um amor complicado. Nenhum deles previa, entretanto, as complicações que teriam início com a eclosão da Segunda Guerra Mundial: eles são obrigados a retornar à Hungria, onde são incorporados às frentes de trabalho destinadas aos judeus.

Da pequenina cidade húngara de Konyár às imponentes capitais Budapeste e Paris, A ponte invisível conta a história de um amor posto à prova pelo infortúnio, de irmãos cujo vínculo não pode ser rompido, de uma família destroçada em um dos momentos mais sombrios da história e do poder da arte em tempos de guerra.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (1)

ver mais
A ponte invisível

Similares

(12) ver mais
The Invisible Bridge
Toda luz que não podemos ver
A Ponte Invisível
A Amante do Oficial

Resenhas para A ponte invisível (9)

ver mais
Grata Surpresa
on 26/5/12


A escritora Julie Orringer me impressionou com a pesquisa excelente que fez para escrever a história de Andras Lévi e de um continente que sofre com a segunda grande guerra. Andras Lévi é um jovem húngaro nascido numa pequena cidade no interior da Hungria e filho de pais humildes. Ganha uma bolsa de estudos e vai para Paris estudar Arquitetura. É o ano de 1937 e a Europa se refaz de uma Guerra Mundial. Andras é pobre, humilde e inteligente. Chega a Paris e se encanta com a Cidade Luz... leia mais

Estatísticas

Desejam156
Trocam2
Avaliações 4.5 / 131
5
ranking 60
60%
4
ranking 31
31%
3
ranking 8
8%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

19%

81%

Eduardo
cadastrou em:
05/01/2012 22:53:04
Jenifer
editou em:
19/08/2021 22:50:43

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR