A Resistência

A Resistência Julián Fuks




A Resistência





“Meu irmão é adotado, mas não posso e não quero dizer que meu irmão é adotado.”, escreve, logo na primeira linha, Sebastián, narrador deste romance. Como em diversas obras que tematizam a Guerra Suja — o regime de terror inaugurado em 1976 na Argentina —, A resistência envereda pela memória pessoal e nacional.

Sebastién é o filho mais novo, e seu irmão adotado, o primogênito de um casal de psicanalistas argentinos que logo buscarão exílio no Brasil. Os pais conhecem bem as teorias sobre filhos adotados e biológicos (Winnicott, em especial), mas a vida é diferente da bibliografia especializada. Cabe então ao narrador o exame desse passado violento e a reescritura do enredo familiar. O resultado, uma prosa a um só tempo lírica e ensaística, lembra belos filmes platinos como O segredo dos seus olhos.

Literatura Brasileira

Edições (1)

ver mais
A Resistência

Similares

(12) ver mais
Cabo de Guerra
Afirma Pereira
Isso Também Vai Passar
Diário da queda

Resenhas para A Resistência (25)

ver mais
on 26/2/17


Meu grupo de leitura se dividiu a favor e contra o livro A resistência, de Julián Fuks. Somos vinte. Foi meio a meio. Para minha surpresa estou do lado dos que gostaram. Surpresa porque eu e o Prêmio Jabuti temos tido através dos anos visões opostas de valor. Minha discordância tem sido sistemática. Em geral, prefiro os segundo e terceiro colocados ou nenhum deles. Portanto, já começo a ver Julián Fuks como exceção. Ou será que meus parâmetros estão mudando? Fica a dúvida. Qua... leia mais

Vídeos A Resistência (6)

ver mais
| 08 | A Resistência (Julián Fuks) - Um relato pessoal do autor

| 08 | A Resistência (Julián Fuks) - Um relat

Literatorios #103 - Julián Fuks [A Resistência]

Literatorios #103 - Julián Fuks [A Resistênci

Resenha - A Resistência

Resenha - A Resistência


Estatísticas

Desejam169
Trocam2
Avaliações 4.0 / 313
5
ranking 35
35%
4
ranking 40
40%
3
ranking 20
20%
2
ranking 4
4%
1
ranking 1
1%

39%

61%

Marcos
cadastrou em:
16/09/2015 00:48:56
Marcos
editou em:
16/09/2015 00:51:53