A Riqueza das Nações

A Riqueza das Nações Adam Smith


Compartilhe


A Riqueza das Nações





O clássico A Riqueza das Nações, abreviação de Uma Investigação sobre a Natureza e as Causas da Riqueza das Nações, foi escrito por Adam Smith, muitas vezes citado como o pai da economia moderna. A obra, publicada pela primeira vez em 1776, influenciou, além de muitos escritores e economistas, governos e organizações. Ela é dividida em cinco livros:

- Livro Um: "Das causas da melhoria nas forças produtivas do trabalho e da ordem de acordo com as quais sua produção é naturalmente distribuída entre as diferentes classes de pessoas";
- Livro Dois: "Da natureza, do acúmulo e do emprego de capital";
- Livro Três: "Do diferente progresso de opulência em diferentes nações";
- Livro Quatro: "Dos sistemas de economia política";
- Livro Cinco: "Da renda do soberano ou da nação".

Com essa fórmula, A Riqueza das Nações foi considerada a primeira obra moderna sobre economia e ditou os pilares do liberalismo, proporcionando a base intelectual da grande era do século XIX de livre-comércio e expansão econômica.

Edições (3)

ver mais
A Riqueza das Nações
A Riqueza das Nações (2 Volumes)

Similares

(3) ver mais
Teoria dos Sentimentos Morais

Estatísticas

Desejam37
Trocam1
Avaliações 3.9 / 19
5
ranking 42
42%
4
ranking 26
26%
3
ranking 21
21%
2
ranking 5
5%
1
ranking 5
5%

61%

39%


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR