A segunda mãe

A segunda mãe Karin Hueck


Compartilhe


A segunda mãe





Uma distopia que revela, através de uma crise conjugal, as diversas formas de opressão da sociedade.

Duas mulheres têm uma filha e enfrentam os desafios da maternidade. Isso já seria o bastante para fazer deste um excelente romance. Mas A segunda mãe vai além. Em certo momento, uma revelação surpreendente engrandece a narrativa, e o leitor se descobre em uma realidade sutilmente distinta da nossa. Assim como as tensões do casamento das personagens, que aos poucos se acentuam, a história desdobra-se em discussões sobre os papéis de gênero, as estruturas sociais, o amor e a violência. Este é um romance de estreia surpreendente. Com sua prosa leve e vertiginosa, posiciona Karin Hueck como uma romancista corajosa e atenta aos temas mais urgentes de nossos tempos.

Distopia / Ficção / Literatura Brasileira / Romance

Edições (1)

ver mais
A segunda mãe

Similares


Resenhas para A segunda mãe (5)

ver mais
on 5/11/23


Num futuro distópico um casal de mulheres cria sua filha. Uma delas está grávida do segundo filho do casal. O casamento está em crise. Esse livro me fez pensar naquela imagem icônica em que dentro de uma porta tem outra porta e dentro dela outra porta e assim por diante... Ele é tudo que eu não pensava que fosse e ainda não sei se gostei do resultado ou não, mas definitivamente frustrou minhas expectativas quanto ao conteúdo. Sabe quando a gente compra um livro achando que vai ler um... leia mais

Estatísticas

Desejam14
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.7 / 46
5
ranking 35
35%
4
ranking 28
28%
3
ranking 28
28%
2
ranking 4
4%
1
ranking 4
4%

20%

80%

Jenifer
cadastrou em:
13/09/2023 19:48:44
Jenifer
editou em:
21/09/2023 13:27:32

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR