Jean-Michel Basquiat


0.0
0 avaliações

Gêneros Artes | Nascimento: 22/12/1960 - 12/08/1988 | Local: Estados Unidos - Nova Iorque - Nova Iorque

Jean-Michel Basquiat (1960-1988) foi um pintor neo-expressionista e grafiteiro norte-americano, o primeiro afro-americano a fazer sucesso nas artes plásticas de Nova Iorque.

Jean-Michel Basquiat nasceu no Brookling, Nova Iorque, Estados Unidos, no dia 22 de dezembro de 1960. Filho de Gerard Jean-Basquiat, ex-ministro do interior do Haiti e de Mathilde Andrada, de origem porto-riquenha. Seu pai emigrou para os Estados Unidos e tornou-se proprietário de um grande escritório de contabilidade.


Com 3 anos, Basquiat já mostrava aptidão para as artes, desenhando caricaturas e reproduzindo personagens dos desenhos animados da televisão. Com 6 anos seu programa preferido era visitar o Museu de Arte Moderna de Nova Iorque e já possuía uma carteirinha de sócio. Com sete anos foi atropelado e teve um dos braços dilacerado. Enquanto estava no hospital recebeu de sua mãe um livro de anatomia que veio a influenciar em sua arte quando mais tarde explorou a anatomia do corpo humano.

Após a separação de seus pais, mudou-se com o pai e as irmãs para Porto Rico onde viveu entre 1974 e 1976. De volta à Nova Iorque, estudou na Edward R. Murrow High School, mas não concluiu o curso. Com 18 anos saiu de casa indo morar com alguns amigos quando passou a pintar camisetas e vender nas ruas de Nova Iorque.

Com o amigo grafiteiro, Al Diaz, e morando nas ruas passou a grafitar paredes e o metrô de Nova Iorque e assinar “SAMO”. Começou a aparecer em um canal a cabo e foi convidado para participar do filme Downtown 81, que relata o dia a dia do jovem artista. Basquiat ficou conhecido internacionalmente, fez amizade com Andy Warhol e começou a pintar telas que foram comercializadas em Nova Iorque, Los Angeles, Zurique e Tóquio.

A arte de Jean-Michel Basquiet era chamada de “primitivismo intelectualizado”, com tendência ao neoexpressionismo, que retrata corpos esqueléticos, rostos apavorados e mascarados. Os anos de 1982 a 1985 foram os mais produtivos da carreira de artista, coincidindo com a amizade com Andy Warhol, época que fez colagens e quadros com mensagens escritas. Nessa época participou de grandes exposições com a ajuda de alguns curadores.

Após a morte de Warhol, em 1987, Basquiat se sentiu pedido e isso refletiu em sua arte. Começou a exagerar no consumo de drogas e morreu de uma overdose de heroína com cocaína.

Jean-Michel Basquiat faleceu em Nova Iorque, Estados Unidos, no dia 12 de agosto de 1988


Livros publicados por Jean-Michel Basquiat (4) ver mais
    A Vida Não Me Assusta
    Life Doesn
    Jean Michel Basquiat: A Biography
    Fantasmi da Scacciare


Estatísticas
Seguidores2
Leitores742
Avaliações 0 / 0
5
ranking 0
0%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

14%

86%

Daiane
cadastrou em:
20/03/2018 17:53:45
Valtemário
editou em:
30/03/2021 21:53:45