Thomas Pynchon




Editar

Thomas Pynchon


Thomas Ruggles Pynchon, Jr.


4.9
49 avaliações

Gêneros romance pós-moderno, experimental, humor picaresco | Nascimento: 08/05/1937 | Local: EUA - Nova Iorque - Long Island

Escritor norte-americano, tido como dos mais originais de seu tempo. Famoso por criar livros longos e complexos - às vezes com centenas de personagens e dezenas de histórias paralelas -, ele é um dos principais expoentes do romance pós-moderno, juntamente com William Gaddis, John Barth, Donald Barthelme, Don Delillo e Paul Auster.

Ganhador do National Book Awards, seu nome é constantemente citado como concorrente ao Nobel de Literatura. Em 1988, foi premiado pela Fundação MacArthur. O crítico literário Harold Bloom nomeou Pynchon um dos quatro romancistas anglófonos "canonizáveis" de seu tempo - ao lado de Don DeLillo, Philip Roth e Cormac McCarthy.

Sua ficção abrange diversos campos, como física, matemática, química, filosofia, parapsicologia, história, mitologia, ocultismo, música pop, quadrinhos, cinema, drogas e psicologia, unindo-os de maneira picaresca, humorística, absurda, poética e sombria. A preocupação central da obra de Pynchon é explorar a acumulação e a inter-relação entre estes diferentes conhecimentos, que resultariam em uma realidade entrópica tangível apenas pela paranóia. Ele também é conhecido pela reclusão em que vive, o que gerou diversos rumores sobre sua real identidade. Nunca concedeu entrevistas e as únicas fotos conhecidas dele datam de sua juventude.


Livros publicados por Thomas Pynchon (16) ver mais
    O Último Grito
    Bleeding Edge
    Contra o Dia
     Arco-Íris da Gravidade
    Vício Inerente
    Vício Intrínseco


Estatísticas
Seguidores85
Leitores2.785
Avaliações 4.9 / 49
5
ranking 89
89%
4
ranking 7
7%
3
ranking 4
4%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

57%

43%

Samir
cadastrou em:
17/06/2010 11:40:12
Helena
editou em:
31/03/2021 23:18:32