Como curar um fanático

Como curar um fanático Amós Oz


Compartilhe


Como curar um fanático


Israel e Palestina: entre o certo e o certo




Em ensaios lúcidos e ponderados, um debate sobre a tragédia no sentido mais antigo do termo: a batalha entre o certo e o certo.

O romancista Amós Oz cresceu na Jerusalém dividida pela guerra, testemunhando em primeira mão as consequências perniciosas do fanatismo. Em dois ensaios concisos e poderosos, o autor oferece uma visão única sobre a natureza do extremismo e propõe uma aproximação respeitosa e ponderada para solucionar o conflito entre Israel e Palestina. Ao final do livro há ainda uma contextualização ampla envolvendo a retirada de Israel da Faixa de Gaza, a morte de Yasser Arafat e a Guerra do Iraque.

A brilhante clareza desses ensaios, ao lado do senso de humor único do autor para iluminar questões graves, confere novo fôlego a esse antigo debate. Oz argumenta que o conflito entre Israel e Palestina não é uma guerra entre religiões, culturas ou mesmo tradições, mas, acima de tudo, uma disputa por território - e ela não será resolvida com maior compreensão, apenas com um doloroso compromisso.

Não se trata, argumenta Oz, de uma luta maniqueísta entre certo e errado, mas de uma tragédia no sentido mais antigo e preciso do termo: uma batalha entre o certo e o certo. Sem temer a polêmica, o livro apresenta argumentos precisos favoráveis a uma solução que acomoda dois estados nacionais diferentes e também realiza um diagnóstico sutil sobre a natureza do fanatismo, calcada na predominância dos sentimentos sobre a reflexão.

Esclarecedor e inspirado, Como curar um fanático é uma voz de sanidade em meio à cacofonia das relações entre Israel e Palestina - voz que ninguém pode se dar ao luxo de ignorar.

Ensaios / História / Não-ficção / Política / Sociologia

Edições (3)

ver mais
Como curar um fanático
Contra o fanatismo
Contra o fanatismo

Similares

(17) ver mais
Contra o fanatismo
Isso Também Vai Passar
Meu Michel
Conhecer uma mulher

Resenhas para Como curar um fanático (45)

ver mais
on 30/5/21


Esperava ser um livro que poderia ser usado para estudar o conflito israelo-palestino em seus aspectos históricos, geográficos, sociais e etc. Mas me deparei com um livro nada mais que introdutório. Isso não quer dizer que não gostei, muito pelo contrário. Me sinto mais preparado para estudar esse longo conflito, uma vez que, com a ajuda do Amós Oz, descobri como evitar ser um fanático. É um livro que pode ser tanto introdutório, quanto usado apenas para você ler uma opinião sobre o as... leia mais

Estatísticas

Desejam178
Trocam4
Avaliações 4.1 / 397
5
ranking 41
41%
4
ranking 40
40%
3
ranking 16
16%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

34%

66%

Marcos
cadastrou em:
18/12/2015 16:29:16
Jenifer
editou em:
02/11/2021 19:01:36

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR