Édipo em Colono

Édipo em Colono Sófocles
Donaldo Schüler


Compartilhe


Édipo em Colono





Encenada pela primeira vez em 401 a. C., após a morte de Sófocles, Édipo em Colono coloca em cena o desgraçado Édipo e sua filha (e irmã por parte de mãe) Antígona – exemplo de coerência e devoção – vagando por terras estranhas, à mercê da solidariedade alheia. Édipo, outrora amado rei de Tebas, enfraquecido, à beira da morte, remói as amarguras pelas quais passou, reflete sobre a os mistérios da vida e a natureza humana, alargando, para o leitor, a compreensão do trágico. Os deuses cuja influência se fazem ouvir na peça garantem a acolhida de Édipo por parte de Teseu, que quer resguardar seu país de desgraças. Creonte manda buscar o ex-monarca, na tentativa de proteger Tebas, e desenha-se a guerra fratricida entre Etéocles e Polinice, filhos (e irmãos) de Édipo, que o haviam expulsado de sua terra e que, agora, querem seu apoio para a sucessão. Os acontecimentos de Édipo em Colono são, igualmente, anteriores aos da tragédia Antígona, também de Sófocles.

Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (5)

ver mais
Édipo em Colono
Édipo em Colono
Édipo em Colono
Édipo em Colono

Similares

(7) ver mais
Antígona
Lisístrata
Os Sete Contra Tebas
Lisístrata e Tesmoforiantes de Aristófanes

Resenhas para Édipo em Colono (6)

ver mais
Édipo é mais que apenas um complexo
on 14/1/09


http://www.jefferson.blog.br/2007/04/dipo-em-colono-de-sfocles.html... leia mais

Estatísticas

Desejam48
Trocam4
Avaliações 3.9 / 354
5
ranking 34
34%
4
ranking 34
34%
3
ranking 26
26%
2
ranking 5
5%
1
ranking 1
1%

48%

52%

Alex Dax
cadastrou em:
26/01/2009 19:40:23