Escritos corsários

Escritos corsários Pier Paolo Pasolini


Compartilhe


Escritos corsários





Último livro organizado pelo autor em vida, Escritos corsários é uma das principais obras de Pier Paolo Pasolini (1922-1975), poeta, cineasta, romancista, ensaísta e dramaturgo italiano que encarnou como poucos o papel do intelectual engajado, capaz de pensar a esfera da arte e da cultura, mas também da economia, da política, do comportamento.

Com veia polemista, nesses artigos publicados na imprensa italiana entre 1973 e 1975, Pasolini aborda, entre outros temas, as rebeliões da juventude que se seguiram aos movimentos estudantis de 1968, a decadência da Igreja Católica, a ascensão das corporações multinacionais, as relações entre governo e máfia na Itália e, especialmente, aquilo que ele chama de Novo Poder - ou novo fascismo -, isto é: o advento de uma sociedade de consumo global, que promove um verdadeiro extermínio das formas de vida tradicionais. Considerado em retrospecto, fica claro que Pasolini anteviu o movimento de aceleração do capitalismo que viria a ocorrer nas décadas seguintes, resultando nas graves crises do século XXI.

Lúcido, descrente, mas sempre combativo (Não creio em nada, mas luto por algo), Pasolini deixou nestas páginas seu testemunho vivo sobre um mundo em plena transformação, dissecando-o com acuidade e atualidade surpreendentes.

Ensaios

Edições (1)

ver mais
Escritos corsários

Similares


Estatísticas

Desejam13
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 3.9 / 4
5
ranking 20
20%
4
ranking 40
40%
3
ranking 40
40%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

60%

40%

Jenifer
cadastrou em:
07/02/2020 12:31:21