Estação Perdido

Estação Perdido China Miéville


Compartilhe


Estação Perdido (Bas-Lag #1)


Bas-Lag - Livro 01




"Perdido Street Station", 2000. O aclamado romance que consagrou o escritor inglês China Miéville como um dos maiores nomes da fantasia e da ficção científica contemporânea. Miéville escreve fantasia, mas suas histórias passam longe de contos de fadas. Em Estação Perdido, primeiro livro de uma trilogia que lhe rendeu prêmios como o British Fantasy (2000) e o Arthur C. Clarke (2001), o leitor é levado para Nova Crobuzon, no planeta Bas-Lag, uma cidade imaginária cuja semelhança com o real provoca uma assustadora intuição: a de que a verdadeira distopia seja o mundo em que vivemos.

Com pitadas de David Cronenberg e Charles Dickens, Bas-Lag é um mundo habitado por diferentes espécies racionais, dotadas de habilidades físicas e mágicas, mas ao mesmo tempo preso a uma estrutura hierárquica bastante rígida e onde os donos do poder têm a última palavra. Nesse ambiente, Estação Perdido conta a saga de Isaac Dan der Grimnebulin, excêntrico cientista que divide seu tempo entre uma pesquisa acadêmica pouco ortodoxa e a paixão interespécies por uma artista boêmia, a impetuosa Lin, com quem se relaciona em segredo. Sua rotina será afetada pela inesperada visita de um garuda chamado Yagharek, um ser meio humano e meio pássaro que lhe pede ajuda para voltar a voar após ter as asas cortadas em um julgamento que culminou em seu exílio. Instigado pelo desafio, Isaac se lança em experimentos energéticos que logo sairão do controle, colocando em perigo a vida de todos na tumultuada e corrupta Nova Crobuzon.

Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Estação Perdido

Similares

(3) ver mais
O Alienado
Shimandur
A Cidade e A Cidade

Resenhas para Estação Perdido (8)

ver mais
Fantásticas esquisitices
on 9/6/16


Lançada originalmente em 2000, a obra mais conhecida de China Miéville, Perdido Street Station, acaba de ser publicada no Brasil pela Editora Boitempo, com o título de "Estação Perdido". A tradução de José Baltazar Pereira Júnior é notavelmente clara e fluente para um romance tão coalhado de coloquialismos e neologismos. Trata-se da segunda obra de ficção do autor e a obra fundadora e o paradigma do subgênero da literatura fantástica definido como New Weird por Jeff e Ann VanderMee... leia mais

Estatísticas

Desejam111
Trocam1
Avaliações 4.5 / 57
5
ranking 60
60%
4
ranking 35
35%
3
ranking 5
5%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

72%

28%

Pri Paiva
editou em:
21/06/2016 18:15:28
Pri Paiva
aprovou em:
21/06/2016 18:16:12