Ficções

Ficções Jorge Luis Borges


Compartilhe


Ficções





Ficções — publicado originalmente em 1944 pelas Ediciones Sur — é a obra que trouxe reconhecimento universal para Jorge Luis Borges, graças, entre outros motivos, ao caráter fora do comum de seus temas, abertos para o fantástico, e à inesperada dimensão filosófica do tratamento.

Ficções reúne os contos publicados por Borges em 1941 sob o título de O jardim de veredas que se bifurcam (com exceção de "A aproximação a Almotásim", incorporado a outra obra) e outras dez narrativas com o subtítulo de Artifícios.

Nesses textos, o leitor se defronta com um narrador inquisitivo que expõe, com elegância e economia de meios, de forma paradoxal e lapidar, suas conjecturas e perplexidades sobre o universo, retomando motivos recorrentes em seus poemas e ensaios desde o início de sua carreira: o tempo, a eternidade, o infinito.

Os enredos são como múltiplos labirintos e se desdobram num jogo infindável de espelhos, especulações e hipóteses, às vezes com a perícia de intrigas policiais e o gosto da aventura, para quase sempre desembocar na perplexidade metafísica.

Chamam a atenção a frase enxuta, o poder de síntese e o rigor da construção, que tem algo da poesia e outro tanto da prosa filosófica, sem nunca perder o humor desconcertante.

Em Ficções estão alguns de seus textos mais famosos, como "Funes, o Memorioso", cujo protagonista tinha "mais lembranças do que terão tido todos os homens desde que o mundo é mundo"; "A biblioteca de Babel", em que o universo é equiparado a uma biblioteca eterna, infinita secreta e inútil; "Pierre Menard, autor do Quixote", cuja "admirável ambição era produzir páginas que coincidissem palavra por palavra e linha por linha com as de Miguel de Cervantes"; e "As ruínas circulares", em que o protagonista quer sonhar um homem "com integridade minuciosa e impô-lo à realidade e no final compreende que ele também era uma aparência, que outro o estava sonhando".

Contos / Ficção / Literatura Estrangeira

Edições (13)

ver mais
Ficciones
Ficções
Ficções
Ficções

Similares

(42) ver mais
A Invenção de Morel
O Aleph
O Informe de Brodie
Elogio da Sombra

Resenhas para Ficções (44)

ver mais
Natal Borgiano
on 24/12/13


Vou me ater aos contos que mais gostei. Melhor, os que mais me marcaram, pois na verdade, gostei de todos. E merecem deferência especial os contos "Pierre Menard, autor de Quixote", "Funes, o memorioso", "A seita de Fênix", "O fim" e "A Loteria da Babilônia". Além do gosto pelas narrativas curtas e pela poesia, Borges tinha em comum com Edgar Allan Poe a versatilidade de seus contos, do fantástico ao cômico, do drama ao policial. O homem era um bólido. Gênio. Já escreveram isso 895 ... leia mais

Vídeos Ficções (12)

ver mais
#LendoFicções: As Ruínas Circulares

#LendoFicções: As Ruínas Circulares

#LendoFicções: Pierre Menard, Autor do Quixote

#LendoFicções: Pierre Menard, Autor do Quixot

#LendoFicções: Tlön, Uqbar, Orbis Tertius

#LendoFicções: Tlön, Uqbar, Orbis Tertius

Jorge Luis Borges

Jorge Luis Borges


Estatísticas

Desejam652
Trocam4
Avaliações 4.5 / 1.474
5
ranking 64
64%
4
ranking 24
24%
3
ranking 9
9%
2
ranking 2
2%
1
ranking 0
0%

50%

50%


cadastrou em:
06/01/2009 13:38:10
Paula Fabiana
editou em:
02/12/2017 12:42:50