Fome

Fome Iza Artagão


Compartilhe


Fome





Aos 27, Izzy vivenciou uma experiência que a obrigou a “morrer” e deixar para trás todos aqueles que um dia amou.

Quinze anos depois, ela trabalha na Promotoria e acompanha os julgamentos de monstros reais que se valem de erros do sistema para não pagarem por seus pecados. Sua intenção é fazer Justiça, e saciar a sua fome.

Uma fome diferente e avassaladora; uma entidade que se não satisfeita cobra um preço alto demais para se pagar.

Enquanto sai à caça, Izzy conhece Arthur, um juiz criminal idealista e virtuoso, que também enfrenta os seus próprios demônios, e o Dr. Canavarro, um advogado de defesa, e o maior canalha que já cruzou o seu caminho.

Até que ponto ela conseguirá ir, sem se tornar aquilo que persegue?

Romance policial / Suspense e Mistério / Terror

Edições (1)

ver mais
Fome

Similares

(2) ver mais
Eutanásia Passiva
Casiopeia

Resenhas para Fome (76)

ver mais
on 20/2/22


Meu primeiro pensamento lendo esse livro foi: o sobrenatural encontra Dexter que encontra Hannibal. É uma história de tribunal, que pega elementos desses 3 mundos e tem uma pitada de romance [romântico]. Não é nada super novo; há vários clichês da ficção presentes, principalmente na parte (felizmente, pouca) do romance, mas a autora me surpreendeu com as escolhas feitas em algumas cenas. E, no geral, a história é instigante. Pra mim, essa mistura funcionou super bem. Minha única crí... leia mais

Vídeos Fome (2)

ver mais
Resenha #17 - Fome de Iza Artagão

Resenha #17 - Fome de Iza Artagão

Fome é um dos melhores livros nacionais do gênero que já li!!! ???

Fome é um dos melhores livros nacionais do gê


Estatísticas

Desejam11
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.2 / 156
5
ranking 54
54%
4
ranking 29
29%
3
ranking 13
13%
2
ranking 3
3%
1
ranking 1
1%

16%

84%

Lu
cadastrou em:
29/04/2020 19:51:29
Arthur Magnum Mariano
editou em:
24/08/2020 20:08:33

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR