Hipnose não existe?

Hipnose não existe? STEVEN HELLER...


Compartilhe


Hipnose não existe?


Monstros e varinhas de condão




Este livro não pretende apresentar uma definição acadêmica de hipnose, e sim mostrar que, se ela significar uma condição especial em que uma pessoa é colocada em algum estado místico ou transe profundo e então perde vontade sobre seu ser porque outra pessoa, chamada hipnotizador, cria sugestões tão poderosas e impressionantes que a vítima ou o participante não consegue resistir, então a hipnose não existe. Em sua definição de hipnose, o autor mostra que está qualquer forma de comunicação em que uma ou várias pessoas, seja profissional da saúde, esposa, marido, professor, usam palavras, tonalidades, expressões ou movimentos que provocam e/ou evocam na outra pessoa uma experiência interna e essa experiência se torna uma realidade em si. Se você quer saber como a hipnose funciona de fato (e isso não tem nada a ver com o balanço das mãos e outros absurdos similares), vai querer ler este livro. Se quer conhecer a “mágica” por trás das técnicas ericksonianas e das programações neurolinguísticas, deve ler esta obra. De um dos maiores nomes da hipnoterapia, este livro poderá ajudá-lo a perceber como usar os mesmos métodos de formas diferentes; pegar as mesmas técnicas utilizadas por uma pessoa para construir limitações e aplicá-las para criar novas escolhas e novos horizontes.

Edições (1)

ver mais
Hipnose não existe?

Similares

(11) ver mais
Transformando-se
Atravessando
Resignificando
Crenças

Estatísticas

Desejam8
Trocam1
Avaliações 3.9 / 15
5
ranking 40
40%
4
ranking 27
27%
3
ranking 27
27%
2
ranking 7
7%
1
ranking 0
0%

74%

26%

Lucas
cadastrou em:
26/09/2012 23:19:00