Homens imprudentemente poéticos

Homens imprudentemente poéticos Valter Hugo Mãe


Compartilhe


Homens imprudentemente poéticos





Em Homens imprudentemente poéticos, Valter Hugo Mãe apresenta os personagens Itaro, o artesão, e Saburo, o oleiro, vizinhos e inimigos num Japão antigo, onde a morte e a ausência de amor servem de pano de fundo para a linguagem lírica do autor que, com sua linguagem única, tornou-se a grande voz da literatura portuguesa contemporânea.

Ficção / Literatura Estrangeira / Romance

Edições (3)

ver mais
Homens imprudentemente poéticos
Homens imprudentemente poéticos
Homens imprudentemente poéticos

Similares

(7) ver mais
A desumanização
O paraíso são os outros
O filho de mil homens
a máquina de fazer espanhóis

Resenhas para Homens imprudentemente poéticos (66)

ver mais
Homens imprudentemente poéticos, Valter Hugo Mãe - Nota: 10/10

Mais uma obra prima de um dos meus autores contemporâneos j (se não, o favorito de todos). Em "Homens imprudentemente poéticos", o autor constrói sua narrativa a partir de um cenário do Japão antigo, campesino e artesão.A narrativa gira em orno de dois homens extremamente simples, Itaro e Saburo, um artesão e um oleiro. Enquanto Itaro não acredita e não se deixa enganar pelo amor, vivendo apenas de seu ofício de artesão, Saburo se recusa a deixar de amar a sua falecida esposa. O enredo... leia mais

Vídeos Homens imprudentemente poéticos (3)

ver mais
A POESIA DA PROSA DE VALTER HUGO MÃE - Resenha de Homens imprudentemente poéticos | Ronaldo Junior

A POESIA DA PROSA DE VALTER HUGO MÃE - Resenh

Literatorios #110 - Valter Hugo Mãe [Homens Imprudentemente Poéticos]

Literatorios #110 - Valter Hugo Mãe [Homens I

Literatorios #109 - Homens Imprudentemente Poéticos

Literatorios #109 - Homens Imprudentemente Po


Estatísticas

Desejam322
Trocam1
Avaliações 4.2 / 935
5
ranking 49
49%
4
ranking 36
36%
3
ranking 13
13%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

25%

75%

A.Henrique
cadastrou em:
24/10/2016 22:39:25
SG1
editou em:
25/03/2021 19:38:39