Interstícios

Interstícios Fernando Andrade


Compartilhe


Interstícios





“Interstícios”, de Fernando Andrade, é uma coletânea de poemas que que têm pontas soltas e fluídas que nos amarram, apertam e apertam, até rasgarem a carne e chegarem no cerne dos corpos, nas motivações das finitas vidas humanas. As poesias cutucam, com seus longos dedos, a ferida que não se fecha: a condição humana em sua forma mais crua. A obra é repleta de vitalidade, força e intensidade, ao mesmo tempo seduzindo e arrastando o leitor para o caos que guarda nas páginas. “Interstícios” é quase uma criatura mística, uma combinação de poesia, música e caos, que abre sua extensa boca sem deixar escapar quase nada, ela morde tudo o que pode.

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Interstícios

Similares


Estatísticas

Desejam
Informações não disponíveis
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 1
5
ranking 50
50%
4
ranking 0
0%
3
ranking 50
50%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

100%

0%

Penalux
cadastrou em:
14/01/2021 08:54:25
Penalux
editou em:
14/01/2021 08:58:08

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR