Israel

Israel Anita Shapira


Compartilhe


Israel


Uma História




A construção do Estado de Israel e as raízes do conflito na Faixa de Gaza, escrito por uma das mais notáveis historiadoras da atualidade

Anita Shapira conta a história de Israel de maneira empolgante, numa narrativa organizada cronologicamente. O livro apresenta o surgimento do sionismo na Europa, no contexto das relações entre judeus, árabes, turcos e outros setores da Palestina sob o domínio otomano. Professora da Universidade de Tel-Aviv e uma das mais notáveis pesquisadoras sobre o tema, a autora não se limita a relatar exclusivamente a guerra e os conflitos árabes-israelenses, ao contrário do que a maioria dos livros sobre o assunto costuma fazer.

Shapira não ignora a narração dos conflitos, mas optou por discorrer sobre os motivos que levaram às guerras e sobre os fatos ocorridos nos períodos de paz. A historiadora analisa conjuntamente o desenvolvimento político, social e cultural da Palestina sob o mandato britânico e propõe compreender de forma profunda os desafios de construção da nação israelense, incluindo a imigração em massa, a modificação dos hábitos culturais, a política de guerra, a diplomacia mundial e a criação de instituições democráticas e de uma sociedade civil.

O livro aborda questões polêmicas, como a destruição dos vilarejos árabes conquistados durante a guerra de 1948-1949 – dando ampla divulgação aos estudos realizados pelos chamados “novos historiadores”, entre os quais Benny Morris –, e apresenta o resultado do conflito na região, a partir das fronteiras com outros Estados etnicamente homogêneos no período pós Segunda Guerra Mundial.

História / Política

Edições (1)

ver mais
Israel

Similares

(12) ver mais
Mossad
Israel e a Revelação
História de Israel
A Religião de Israel

Resenhas para Israel (2)

ver mais
Anita Shapira - Israel: uma história -

Editora Paz e Terra - 630 Páginas - Tradução de Debora Fleck e Samuel Feldberg - Lançamento: 18/06/2018. Existe uma tendência simplificadora em alguns livros de história ao considerar a formação de Israel somente a partir do voto de partilha da ONU em novembro de 1947 quando, após o final da Segunda Guerra Mundial, foi aprovado o plano de divisão da Palestina em dois Estados, um judeu e outro árabe, ficando as áreas de Jerusalém e Belém sob controle internacional, e tendo sido a cit... leia mais

Estatísticas

Desejam25
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.4 / 7
5
ranking 43
43%
4
ranking 57
57%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

51%

49%

Carlos.Eduardo
cadastrou em:
01/06/2018 16:44:18