A Última Festa

A Última Festa Lucy Foley


Compartilhe


A Última Festa (Intrínsecos #15)





Miranda e Katie são amigas de infância. As duas conheceram Julien, Mark, Samira, Giles, Nick e Bo na época da faculdade. Já Emma entrou no grupo mais tarde, quando se casou com Mark, e é por isso que ela se empenha tanto na organização do encontro de fim de ano. Programado desta vez para acontecer em um cenário idílico, o feriado que todos passarão juntos promete refeições deliciosas, muito champanhe, boa música, entretenimentos variados e conversas maravilhosas.

O grupo, como qualquer outro, tem suas pequenas tensões, que se fazem notar já na viagem de trem entre Londres e Loch Corrin, a cidade das Terras Altas escocesas onde os amigos vão se hospedar. Desentendimentos bobos sobre o horário da partida, a escolha dos assentos, quem vai ficar em qual chalé vão surgindo aqui e ali, e logo desaparecem, substituídos pelo tilintar dos primeiros brindes. Mas não são esquecidos, assim como todos os ressentimentos de anos atrás.

Depois de uma década juntos, talvez nem toda a nostalgia que os encontros de fim de ano tentam evocar seja suficiente para suplantar as diferenças entre eles, que se tornaram cada vez mais profundas. Na grande festa da última noite do ano, o fio que os mantém unidos enfim arrebenta, trazendo à tona as únicas coisas que ainda lhes restam em comum: raiva e segredos. No dia seguinte, alguém está morto e uma forte nevasca os mantém isolados. Ninguém pode entrar. Ninguém pode sair. Nem o assassino.

Narrada em flashbacks a partir das perspectivas dos vários personagens, a história desse malfadado encontro é um daqueles mistérios cheios de tensão e de ritmo perfeito. Lucy Foley consegue criar um hall de personagens tão intrigantes quanto potencialmente detestáveis: autocentrados, vaidosos, soberbos, manipuladores, até mesmo ameaçadores, cada um a seu modo. É difícil eleger em quem confiar. A cada interação do grupo capturamos uma nova pista do passado de um, das ambições do outro, de como eles se enxergam e como se relacionam. Uma rede de histórias que a autora tece até a última página, em um jogo sutil de revelações e omissões.

É justa a recorrente comparação de "A Última Festa" com as obras da grande mestra Agatha Christie, que criou e solucionou como ninguém os crimes mais mirabolantes e, ao mesmo tempo, irritantemente simples da literatura policial. Pois o que Lucy Foley nos entrega em seu livro é uma revisitação moderna do clássico crime do quarto fechado, com todos os elementos obrigatórios somados a um toque incontestável de autenticidade. Uma trama de suspense brilhantemente construída, uma homenagem à Rainha do Crime, o reconto de um estilo que todos amamos: A última festa é tudo isso e um pouco mais. Será que velhos amigos serão sempre os melhores amigos?

Crime / Ficção / Literatura Estrangeira / Suspense e Mistério

Edições (2)

ver mais
A Última Festa
A Última Festa

Similares

(5) ver mais
Whisper Network
Um Caminho Para a Liberdade
Pátria
Em Um Bosque Muito Escuro

Resenhas para A Última Festa (19)

ver mais
:)
2 days, 11 hours ago


No início do livro achei um pouco cansativo, mas lá depois da metade vai melhorando. Os capítulos são divididos por cada olhar dos personagens, e você vai tipo que montando as peças para ver quem é o culpado. Infelizmente não gostei dos personagens, achei eles com personalidades fúteis e superficiais. No entanto , o desfechar da história é bem interessante, e não achei em nenhum momento previsível. Portanto, uma leitura bem leve com um toque de suspense, só não espere muito por esse l... leia mais

Vídeos A Última Festa (1)

ver mais
[RESENHA EXPRESS] A Última Festa - Lucy Foley - Intrínsecos #015

[RESENHA EXPRESS] A Última Festa - Lucy Foley


Estatísticas

Desejam81
Trocam1
Avaliações 3.9 / 214
5
ranking 31
31%
4
ranking 47
47%
3
ranking 19
19%
2
ranking 2
2%
1
ranking 1
1%

13%

87%

Daiane
cadastrou em:
25/11/2019 00:25:21
Nick
editou em:
04/12/2019 16:58:11