Não basta não ser racista

Não basta não ser racista Robin Diangelo


Compartilhe


Não basta não ser racista


Sejamos antirracistas




É hora de todos os brancos abandonarem a ideia de superioridade e, de fato, atuarem no combate ao racismo. Negação, silêncio, raiva, medo, culpa... essas são algumas das reações mais comuns quando se diz a uma pessoa que agiu, geralmente sem intenção, de modo racista. Ser abertamente racista não é algo socialmente aceitável. Ninguém quer ser visto assim. Mas cada vez que se nega o racismo, impedimos que ele seja abordado e que nossos preconceitos sejam discutidos. As reações de negação não servem apenas para silenciar quem sofre o preconceito, também escondem um sentimento que a autora Robin Diangelo passou a chamar de fragilidade branca. Em seus estudos, Diangelo catalogou frases, palavras e sentimentos de voluntários que se veem sem qualquer preconceito e demonstrou que, no fundo, ele estava lá. Sua proposta é que todos comecem a ouvir melhor, estabeleçam conversas mais honestas e reajam a críticas com educação e tentando se colocar no lugar do outro. Não basta apenas sustentar visões liberais ou condenar os racistas nas redes sociais. A mudança começa conosco. A AUTORA: ROBIN DIANGELO é professora universitária, autora e consultora em questões de justiça racial e social há mais de vinte anos. Não basta não ser racista ― Sejamos antirracistas ocupa as primeiras posições das listas de livros mais vendidos do mundo desde seu lançamento.

Ensaios / Sociologia

Edições (1)

ver mais
Não basta não ser racista

Similares


Resenhas para Não basta não ser racista (0)

ver mais
Somos todos racistas?
1 week, 3 days ago


Eu tinha nove anos e estava na sala de aula comemorando o dia internacional da mulher com minha turma: a professora havia levado uma cesta cheia de flores para os meninos pegar e entregar aquela que fosse a garota que ele considerasse mais bonita/inteligente. Todas as meninas receberam suas flores e, claro, também recebi a minha. No entanto, as meninas me encaravam com um olhar desconfortável que muito parecia pena. No final da aula, uma colega minha me acompanhou como sempre fazia e c... leia mais

Estatísticas

Desejam7
Trocam2
Avaliações 4.3 / 4
5
ranking 75
75%
4
ranking 0
0%
3
ranking 25
25%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

19%

81%

João gregorio
cadastrou em:
01/02/2020 22:55:06
André
editou em:
01/02/2020 22:56:02