Ordem e Progresso

Ordem e Progresso P.P.F. Simões




Ordem e Progresso





Samantha Albuquerque com veemente esforço conquista o sonhado diploma de pós-graduação e finalmente surge a oportunidade tão esperada para trabalhar em sua área, assim que é contratada a ingressar no IMCSP (Imigrantes da cidade de São Paulo).

Não obstante, todos os países do mundo começam a sofrer fenômenos naturais e sobrenaturais causando um grande alvoroço na mídia escrita e virtual, nas conversas pelos corredores de multinacionais e nos bares de esquina. Com exceção ao único país que parece ser isento desta estapafúrdia, sendo a nossa pátria amada.

E sem se dar conta, seja a própria personagem ou o governo brasileiro, Samantha terá que se virar sozinha numa repartição pública sem nenhum recurso, esbarrando na burocracia constantemente, ficando impotente em ajudar os novos imigrantes que em nosso país não cessam em chegar, que atravessam as fronteiras com o único objetivo de sobrevivência.

Entrementes, a história é narrada por uma terceira pessoa apaixonada por Samantha, demonstrando seus histéricos surtos de ciúmes no decorrer do relato até o momento em que a personagem é pedida em casamento pelo então noivo Albertino. O narrador quer a todo o momento convencer o leitor com argumentos retóricos, acusando o noivo de traição e racismo, de que ambos não podem ficar juntos.


Augusto Comte escrevera: "O Amor por princípio e a Ordem por base; o Progresso por fim". Esse pensamento positivista é, de maneira inusitada, o lema nacional de nossa pátria amada, estampada como símbolo na bandeira do Brasil e conhecido por todos. A protagonista Samantha Albuquerque tenta desvencilhar-se em meio a clichês sociais, questões contemporâneas brasileiras e uma sociedade dominada pelos seus próprios mitos, para obter sua ordem, seu progresso e seu amor, num relacionamento que poderia muito bem ser convencional.



Edições (1)

ver mais
Ordem e Progresso

Similares


Resenhas para Ordem e Progresso (8)

ver mais
Ordem e Progresso
on 26/10/11


Ordem e Progresso é um daqueles livros que te faz sentir mil coisas ao mesmo tempo Eu ri,chorei,me indignei,me revoltei e por vezes,gritei.Isso mesmo,GRITEI.De espanto.Tamanha a audácia do autor em escrever coisas tão óbvias e tão polêmicas ao mesmo tempo. Preciso dizer que,quando recebi o livro não depositei muita fé nele.É verdade!Pré-julguei antes mesmo de começar a lê-lo.E foi pelo simples fato de,eu achar que era mais um livro falando de política,desigualdade social e outros assu... leia mais

Estatísticas

Desejam4
Trocam5
Avaliações 3.1 / 31
5
ranking 10
10%
4
ranking 26
26%
3
ranking 42
42%
2
ranking 13
13%
1
ranking 10
10%

37%

63%

PJ
cadastrou em:
28/07/2011 08:20:33