O Sincronicídio

O Sincronicídio Shiva




O Sincronicídio


Sexo, morte e revelações transcendentais




Esta é uma história que vai desafiando o leitor aos poucos, matreiramente, conquistando primeiro sua confiança antes de conduzi-lo a voos cada vez mais altos da imaginação. O SINCRONICÍDIO é um romance policial à sua maneira, que consiste em misturar todas as outras: as refinadas charadas do whodunit são apresentadas em meio a truculentas cenas noir, e o clássico mistério do quarto fechado é servido de modo a atender ao gosto moderno pela escatologia. Ocorre que esta é uma obra de muitas camadas, múltiplas possibilidades de interpretação. Não é exagero afirmar que nunca antes uma história policial foi contada dessa maneira.

Quanto ao estilo, a narrativa segue o padrão essencial do folhetim, finalizando cada segmento do texto em suspense, de forma a instigar o leitor a prosseguir com a leitura. Quanto à estrutura, este é um livro que escapa aos padrões, ao se propor como interseção literária entre dois ricos universos semânticos: o xadrez e o I Ching. O SINCRONICÍDIO é dividido em 64 capítulos apresentados fora da sequência numérica, cada qual representado pelo correspondente hexagrama do I Ching, o Livro das Mutações, milenar oráculo chinês. O hexagrama é apresentado ao início do capítulo em uma engenhosa adaptação para o xadrez, que substitui as linhas yang e yin pelas casas brancas e negras do tabuleiro, sinalizando as linhas móveis através de peças que ocupam as respectivas casas.
O resultado são verdadeiros “poemas enxadrísticos”, uma curiosidade a mais para o leitor comum e um deleite para os entusiastas do Jogo dos Reis.

O livro estruturado dessa forma, ao mesmo tempo em que propicia ao leitor uma apresentação original e atraente para a sua história, revela também afinidade com um alto anseio literário: expressar, através do romance, a totalidade da vida em sua complexidade. Pelo mesmo motivo, à semelhança de obras como Ulisses de James Joyce e Mrs Dalloway de Virginia Woolf, a história toda acontece em um único dia, o dia do Sincronicídio.

Romance policial

Edições (1)

ver mais
O Sincronicídio

Similares


Resenhas para O Sincronicídio (19)

ver mais
O Transcendental e o Carnal juntos num ótimo policial
on 15/10/11


Excelente obra de estreia de um escritor talentoso e criativo. Se vc quer se prender totalmente a uma história, este é o livro certo. Se, além disso, vc deseja conhecer e refletir sobre temas e conceitos pouco conhecidos (ao menos pelo mundo ocidental), este livro torna-se ainda mais indicado. Trata-se de um romance policial cheio de reviravoltas, o que é típico da literatura do gênero. Por outro lado, a complexidade e o grande número de temas interessantes/não-convencionais que são ab... leia mais

Vídeos O Sincronicídio (2)

ver mais
Resenha #50 - O Sincronicídio

Resenha #50 - O Sincronicídio

Book trailer

Book trailer


Estatísticas

Desejam40
Trocam1
Avaliações 4.5 / 55
5
ranking 67
67%
4
ranking 24
24%
3
ranking 5
5%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

30%

70%

Bia Machado
cadastrou em:
08/08/2011 16:02:18
Bia Machado
editou em:
21/12/2014 01:49:06