A Casa das Belas Adormecidas

A Casa das Belas Adormecidas Yasunari Kawabata




A Casa das Belas Adormecidas





Imbuída de um erotismo inusitado, esta obra, escrita em 1961, demonstra a maturidade estilística do autor, que se utiliza sua virtuose descritiva para contar a história de Eguchi, um senhor de 67 anos que freqüenta a "casa das belas adormecidas", uma espécie de bordel onde moças encontram-se em sono profundo, sob efeito de narcóticos. Apesar da idade avançada, o protagonista parte em busca dos prazeres perdidos e se depara com moças virgens, que os visitantes podem tocar, mas são proibidos de corromper. Daí derivam passagens antológicas de rememorações pessoais e fantasia. Kawabata procura desvendar o enigmático universo do corpo feminino em um culto ao belo e ao inalcançável, investigando as dores da solidão a partir da sutileza de um erotismo expressivo, constantemente atravessado por passagens de fina ironia e perturbadora consciência da passagem do tempo, do vazio existencial que permeia as relações humanas.

Edições (2)

ver mais
A Casa das Belas Adormecidas
A Casa das Belas Adormecidas

Similares

(14) ver mais
Memória de Minhas Putas Tristes
O Livro de Travesseiro
Mil Tsurus
O Livro do Chá

Resenhas para A Casa das Belas Adormecidas (36)

ver mais
Impotência complexa
on 31/7/15


Meu grupo de leituras da internet abriu uma discussão sobre a obra do autor Yasunari Kawabata, ganhador do Nobel em 1968. Neste grupo discutimos autores. Todas as obras. Cada um menciona aquela obra que conhece. E a conversa rola, através das semanas. Eu havia lido dois livros de Kawabata, "Mil Tsurus", em 2009 e "Kioto" não me lembro quando. Havia gostado, mas não havia lido a obra que parece encantar a um número enorme de críticos: "A Casa das Belas Adormecidas". Por isso mesmo p... leia mais

Estatísticas

Desejam243
Trocam6
Avaliações 3.8 / 729
5
ranking 30
30%
4
ranking 31
31%
3
ranking 29
29%
2
ranking 8
8%
1
ranking 2
2%

35%

65%

fbonillo
cadastrou em:
05/01/2009 03:36:29