O diamante de Jerusalém

O diamante de Jerusalém Noah Gordon


Compartilhe


O diamante de Jerusalém





CONTRA CAPA:
Este romance de espionagem começa com uma história quase bíblica: catorze homens roubaram a arca sagrada e os tesouros que ela continha: as tábuas da lei que o Senhor deu a Moisés no Monte sinai e, entre jóias perdidas através dos séculos na Terra Santa, um inigualável diamante. Para reconstruir a trajetória deste diamante mítico, dos tempos bíblicos até as guerras políticas contemporâneas, o escritor Noah Gordon se utiliza da arte fascinante do historiador e ficcionista já consagrado como fenômeno literário mundia através da trilogia "O físico", "Xamã" e "A escolha da dra. Cole" - a saga comovente de gerações de médicos através dos séculos - e desvenda as preciosidade históricas da cultura judaica, fechada em si mesma, porém deslumbrante, como um raríssimo diamante.

ORELHA:
O diamante da Inquisição faria parte do tesouro sagrado dos hebreus antigos, desaparecidos antes de Cristo? Harry Hopemanm um riquíssimo comerciante de diamantes de Nova York, é o protagonista que poderá desvendar a intrincada trajetória da pedra mágica que teria sido trabalhada por várias gerações de seus ancestrais, que escaparam das fogueiras da Inquisição, da perseguição nazista, do anti-semitismo generalizado e contemporâneo. Judeus que perambularam pelas ruas de Manhattan vendendo diamantes enrolados em lencinhos e, aos poucos, construíram fortunas incalculáveis como a dos Hopeman & Sons. Por ser um raro especialista, de conhecimento atávico de pedras preciosas, Harry Hopeman é procurado por representantes clandestinos da OPEP, pela Igreja Católica, por militantes ligados à sua família. Querem o seu aval na compra do suposto diamante sagrado, que teria aparecido à venda no Oriente Médio.
Ele tenta rejeitar todas as propostas, mas aquele diamante passou pelas mão de seus ancestrais. Foi trabalhado por Julius Vital durante a Inquisição, quando surgem na ficção personagens reais como Isabel da Espanha e Torquemada. Ao percorrer este caminho milenar, Harry Hopeman reconstrói o fascínio da cultura judaica e a sua própria identidade. Por trás da velocidade da espionagem, esta um outro diamante: a riqueza dessa cultura desde os tempos bíblicos até as reivindicações do Estado de Israel

Literatura Estrangeira / Ficção / História

Edições (3)

ver mais
Der Diamant des Salomons
O Diamante de Jerusalém
O diamante de Jerusalém

Similares

(18) ver mais
La Bodega
O Último Judeu
Xamã
O Rabino

Resenhas para O diamante de Jerusalém (7)

ver mais
on 19/1/09


Bom, mas cansativo com as descrições sobre os processos de lapidação.... leia mais

Estatísticas

Desejam26
Trocam9
Avaliações 3.5 / 186
5
ranking 17
17%
4
ranking 34
34%
3
ranking 35
35%
2
ranking 12
12%
1
ranking 2
2%

33%

67%

Fred
cadastrou em:
16/01/2009 00:03:01
Viinix
editou em:
03/12/2015 13:58:03