O Viajante do Tempo

O Viajante do Tempo Ray Bradbury


Compartilhe


O Viajante do Tempo





Num total de 23 contos fascinantes, o inexplicável se torna trivial e o elemento surpresa está sempre presente, prestes a entrar em cena. Nas páginas de seu livro, Ray Bradbury viaja com o leitor para Marte e incríveis recantos da Terra. Num estilo poético, evocativo e simbólico, o mestre da ficção fantástica usa sua inesgotável imaginação para celebrar a simplicidade, a inocência e a nostalgia.

Onde quer que sua imaginação esteja vagando – em Marte ou em qualquer lugar da Terra -, Ray Bradbury tem uma história para contar. Neste livro sua primeira coletânea de contos publicada desde 1980, o mestre da ficção fantástica e do sobrenatural moderno apresenta 23 histórias que celebram a simplicidade e a inocência, com toques nostálgicos,. Na história-título, um viajante do tempo revela o segredo por trás de sua engenhosa jornada ao futuro; em Idílio, Bradbury visita novamente seu adorado planeta vermelho para nos mostrar o último e solitário marciano, fascinado por uma antiga balada de blues e por uma mulher vulgar do planeta azul; em Autêntica Múmia Feita em Casa, Bradbury resgata ingredientes de sua adolescência, criando uma múmia que mudará a rotina de uma cidade onde nada acontece. São só três exemplos da inesgotável fantasia do autor, sempre trabalhada em seu estilo poético e evocativo. Nas páginas de O Viajante do Tempo, o inexplicável se torna trivial, e o leitor viaja com Bradbury e seus personagens em vôos além da imaginação

Edições (1)

ver mais
O Viajante do Tempo

Similares

(4) ver mais
9 Novelas de Antecipação Americanas
Um Cemitério para Lunáticos
O Vinho da Alegria
Morte é uma transação solitária

Resenhas para O Viajante do Tempo (1)

ver mais
Uau!
on 31/12/21


Acabei de terminar e já estou planejando reler. Recomendo a todos que queiram se surpreender, usar a imaginação e mesmo refletir. Esses contos cobrem vários gêneros literários como comédia, drama, suspense e terror. Aliás eu adorei os dois contos de terror, cheguei a ficar arrepiado com o último. E não foi nada de terror besta, pelo contrário, foi tudo de muita sutileza. Profundamente reflexivos os contos sobre solidão, tédio, arrependimento, casamento, felicidade, velhice, loucur... leia mais

Estatísticas

Desejam19
Trocam1
Avaliações 3.8 / 26
5
ranking 27
27%
4
ranking 35
35%
3
ranking 35
35%
2
ranking 4
4%
1
ranking 0
0%

54%

46%

Marcos Carvalho
cadastrou em:
09/06/2009 23:32:29

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR