Amores que nos fazem mal

Amores que nos fazem mal Patrícia Delahaie


Compartilhe


Amores que nos fazem mal





O objetivo expresso deste livro, sem dúvida indispensável para alguns de nós, é a aplicação do princípio de precaução no amor. Por que esse sentimento, que deveria ser bonito e suave, que nos leva ou nos torna mais fortes, torna-se pesado e nos faz mal. Neste livro, um guia para "reaprender a amar", a autora aborda os vários casos em que "o amor é doente", e nos explica por que "chegou-se lá". E como, às vezes, a história se repete, e dá a impressão de que tiramos sempre os "maus os números". É necessário talvez chegar até as feridas secretas da infância. Os numerosos testemunhos que ilustram a obra conduzem para a liberação (quer do outro, quer nossa), mostram que o amor cruel é compartilhado por numerosas pessoas. Sem dúvida porque escapa a qualquer lógica. E não adianta, é das mulheres o fardo da mudança. Oito em dez relacionamentos são as mulheres as responsáveis pelas mudanças e melhorias. Com uma abordagem clara e instigante, recheada de exemplos verdadeiros, a autora avalia as várias armadilhas em que as pessoas se metem por amor, como entendê-las e, finalmente, como resolvê-las ou escapar delas. E ainda, a obra apresenta os vários tipos de casais que vivem amores que fazem mal: pessoas que amam demais, pessoas que têm medo de amar, pessoas que não gostam de amar, pessoas perversas que se dedicam a controlar, humilhar e destruir o parceiro, personalidades violentas que atacam repetidamente, numa espiral de violência, pessoas com vícios e problemas que não querem mudar.

Edições (1)

ver mais
Amores que nos fazem mal

Similares


Resenhas para Amores que nos fazem mal (2)

ver mais
Tendencioso
on 7/1/09


Apesar da autora tentar demonstrar através de vários exemplos do mundo real, como lidar com os problemas do amor, sempre deixa seu toque ao feminismo. Talvez possa ajudar a alguém se resolver.... leia mais

Estatísticas

Desejam5
Trocam14
Avaliações 3.4 / 93
5
ranking 20
20%
4
ranking 26
26%
3
ranking 33
33%
2
ranking 15
15%
1
ranking 5
5%

14%

86%

Pablo Ribeiro
cadastrou em:
07/01/2009 22:35:55