Talvez Nunca Mais um País

Talvez Nunca Mais um País Flavio P. Oliveira




Talvez Nunca Mais um País





Talvez nunca mais um país, partidos políticos, eleições etc. Dois vírus criaram uma nova idade histórica, o primeiro consumiu as reservas de petróleo, o segundo deixou à beira da extinção a humanidade — gigantescas ratazanas devoram os corpos largados nas ruas. No setor 7, na famosíssima Copacabana, Miguel — ex-ráquer, atualmente colecionador e catalogador de objetos artísticos, um apaixonado por rock ‘n’ roll — envelhece (aceitando a sorte de ser um doador universal) sem ter muito o que fazer, além de caminhar na praia em companhia das porcas da senhora Borrêia e conversar com os pivetes na carcaça. Tudo isso mudará um dia, por culpa da inveja alheia, por culpa de uma nova vontade de ser melhor, algo não permitido pelo autoritário governo.


Literatura Brasileira / Drama / Fantasia / Romance / Ficção científica

Edições (1)

ver mais
Talvez Nunca Mais um País

Similares


Resenhas para Talvez Nunca Mais um País (13)

ver mais
Único e super criativo. Amei!
on 29/11/15


O livro é um romance distópico que veio para encantar, confundir, envolver até a última página. Ele se passa no futuro, em um mundo completamente diferente do que conhecemos atualmente. Nesse futuro, as cidades foram divididas por setores, as máquinas substituíram os humanos no trabalho trabalho e uma doença de nome Hoosbardo foi responsável por dizimar grande parte da população. O mundo está em extinção. É nesse cenário que conhecemos Miguel, nosso protagonista, que mora no Rio de J... leia mais

Estatísticas

Desejam48
Trocam1
Avaliações 4.7 / 33
5
ranking 73
73%
4
ranking 24
24%
3
ranking 3
3%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

9%

91%

Grobsch
cadastrou em:
08/08/2015 08:29:45