Formas Comuns

Formas Comuns Gabriel Giorgi


Compartilhe


Formas Comuns


Animalidade, literatura, biopolítica Coleção Entrecríticas




Organizada pela escritora Paloma Vidal, a coleção Entrecríticas reúne ensaios de autores latino-americanos que buscam pensar a literatura em suas conexões com outras práticas artísticas e críticas. Em Formas comuns, novo livro da coleção, o argentino Gabriel Giorgi, professor na Universidade de Nova York, analisa a figuração animal na cultura através da biopolítica, o campo conceitual no qual os limites entre “bios” – o natural, o biológico e o genético – e cultura se redefinem, a partir da literatura produzida na América Latina desde os anos 1960, de Guimarães Rosa a Manuel Puig, de Clarice Lispector a Julio Cortázar, entre outros. Tomando o lugar do animal na ficção como paradigma, o autor conduz uma reflexão aprofundada sobre as demarcações políticas (leia-se, raciais, sociais e de gênero) que envolvem a questão das “vidas por proteger e vidas por abandonar”.

Ensaios

Edições (1)

ver mais
Formas Comuns

Similares

(8) ver mais
Literatura e animalidade
Essencial Padre Antonio Vieira
Antropofagia: Palimpsesto Selvagem
Armazém Literário

Estatísticas

Desejam3
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 5.0 / 2
5
ranking 100
100%
4
ranking 0
0%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

44%

56%

Rocco
cadastrou em:
07/03/2016 10:43:14
Pri Paiva
editou em:
07/03/2016 15:36:20
Pri Paiva
aprovou em:
07/03/2016 15:37:40