Almas de porcelana

Almas de porcelana Gociante Patissa


Compartilhe


Almas de porcelana (Poesia)






Edições (1)

ver mais
Almas de porcelana

Similares


Resenhas para Almas de porcelana (4)

ver mais
A força da porcelana
on 23/10/17


O poeta enxerga as angústias e a canta no ritmo de suas palavras. Gociante Patissa como poeta reinterpreta o mundo com uma “alma de porcelana”, cuja fragilidade não representa fraqueza, mas sim visão uma visão delicada sobre os acontecimentos. Gociante Patissa abre sua obra “Almas de porcelana” com o poema “Tríade da pedra do tempo e da obra”. Nestas linhas introdutórias o poeta já demonstra imensa capacidade em condensar suas impressões sobre o mundo através de uma visão sensível, “n... leia mais

Estatísticas

Desejam1
Trocam
Informações não disponíveis
Avaliações 4.0 / 5
5
ranking 60
60%
4
ranking 20
20%
3
ranking 0
0%
2
ranking 0
0%
1
ranking 20
20%

33%

67%

Dani - Bibliotecária Leitora
cadastrou em:
07/06/2016 09:43:39