Hecatombe Hipotética

Hecatombe Hipotética Claudia Gomes


Compartilhe


Hecatombe Hipotética





Faz-me o favor, me dá licença
Pra quê me esforçar pelo poema?
Porque eu tenho que servir a poesia
Como quer a vontade alheia?

Escrevo só pra mim, gente esnobe!
Ninguém é obrigado a ler!
Então me dá licença
Poética.

Poemas, poesias

Edições (1)

ver mais
Hecatombe Hipotética

Similares


Resenhas para Hecatombe Hipotética (5)

ver mais
on 25/6/16


“Porque desconstruir é necessário. Sempre.”. A orelha do livro nos apresenta esta frase que oferece, no mínimo, a intenção da autora de formar um livro de poesias experimentais. A desconstrução desse livro, a meu ver, se dá no nível da quebra de expectativa; isto não quer dizer que o livro gere humor no leitor; isto quer dizer que o leitor se surpreende a cada poema e que pode refletir em nós sensações múltiplas. De imediato ao lermos o título “Hecatombe Hipotética” somos deparados ... leia mais

Estatísticas

Desejam1
Trocam1
Avaliações 4.1 / 12
5
ranking 42
42%
4
ranking 25
25%
3
ranking 33
33%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

36%

64%

Mila F. @delivroemlivro_
cadastrou em:
08/06/2016 13:54:24