Guardei no armário

Guardei no armário Samuel Gomes


Compartilhe


Guardei no armário


Trajetórias, vivências e a luta por respeito à diversidade racial, social, sexual e de gênero




O relato de como um jovem nascido na periferia de São Paulo superou o racismo e a homofobia para lutar pelos próprios direitos ― e de muitos outros como ele ―, acompanhado de diversas entrevistas com personalidades LGBTQIA+.

Samuel Gomes teve uma infância parecida com a de vários outros meninos nascidos na periferia das grandes cidades brasileiras: dividia o quintal de sua casa com muitos parentes, estudava em uma escola do bairro e via seus pais batalharem para dar um futuro melhor a ele e à sua irmã. Porém, logo começou a perceber que era diferente daqueles que o cercavam: ele sentia atração por outros meninos. Assim, o medo de ser quem é foi um fio condutor do seu amadurecimento, ainda mais por ser negro e fazer parte de uma família extremamente evangélica. Além das várias situações de racismo e discriminação que teve que enfrentar, tinha a Igreja, que não era apenas um lugar que frequentava aos domingos com sua família, mas sim uma instância onipresente em sua vida, que ditava seu modo de vestir, de se comportar, de pensar e de viver.
Foram longos anos até que pudesse entender que a vida não precisava se resumir à realidade em que nasceu, e que o que sentia não era errado nem “anormal”. Sua luta por estudo, autodescoberta e autoaceitação é narrada neste livro, junto a reflexões que ele tece sobre ser um homem negro e homossexual no Brasil. Além da história de Samuca, o livro conta com entrevistas que ele fez com personalidades LGBTQIA+ brasileiras, que abriram seus armários e compartilharam suas trajetórias para fora deles.

Biografia, Autobiografia, Memórias / LGBT / GLS / Não-ficção / Política

Edições (2)

ver mais
Guardei no armário
Guardei no armário

Similares

(8) ver mais
O terceiro travesseiro
Over the rainbow
Este Livro É Gay
Auto-estima para homossexuais

Resenhas para Guardei no armário (1)

ver mais
Sobre narrativas de bichas pretas e a superação do racismo e da homofobia
on 29/9/19


O livro de Samuel Gomes, é inspirador. Ele é íntimo e nessa intimidade também é possível nos ver. Vemos nossas vivências com intolerância religiosa, com racismo e com homofobia e mais ainda, vemos que somos mais fortes que o preconceito. É um livro que fortalece. Ser LGBT por muito tempo foi tabu, apesar de existirmos desde sempre. E dentro da nossa luta por representação, negros e negras nem sempre estiveram na grande mídia ou nos meios de visibilidade, mesmo sendo diversas vezes prot... leia mais

Estatísticas

Desejam59
Trocam1
Avaliações 4.3 / 13
5
ranking 46
46%
4
ranking 38
38%
3
ranking 15
15%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

32%

68%

Raffa
cadastrou em:
12/07/2020 11:18:34
Raffa
editou em:
12/07/2020 11:19:01