Bartleby, o Escrivão

Bartleby, o Escrivão Herman Melville




Bartleby, o Escrivão





Uma irônica e literária análise da natureza humana, do mesmo autor de Moby Dick

O personagem título é um jovem amanuense judicial que, cansado do trabalho burocrático, decide adotar o “não” como lema e o “nada” como estilo de vida. Publicada originalmente, de forma anônima, numa revista em 1853, Bartleby, o escrivão é uma daquelas obras que deixa os leitores confusos quando chegam ao final: não há uma resposta e sim questionamentos sobre quem seria esse personagem tão peculiar.

A narrativa de Melville, um dos percursores do absurdo na literatura, é tão curta quanto rica e múltipla; leitura para se perder em interpretações.

Contos / Crônicas

Edições (1)

ver mais
Bartleby, o Escrivão

Similares


Resenhas para Bartleby, o Escrivão (6)

ver mais
literatura absurdista
on 17/5/17


Escrito originalmente em 1853, Bartleby, o escrivão, de Herman Melville, Editora José Olympio, 96 páginas, é um conto que nos mostra a história de uma figura misteriosa pelo ponto de vista do narrador, seu empregador num escritório de advocacia. Segundo sua concepção, Bartleby foi uma das pessoas mais curiosas e intrigantes que já conheceu. Ele o contrata a fim de ajudar no escritório conferindo cópias de documentos. Possui outros assistentes de personalidades peculiares, mas, nenhum d... leia mais

Vídeos Bartleby, o Escrivão (1)

ver mais
Bartleby, O Escrivão - Herman Melville

Bartleby, O Escrivão - Herman Melville


Estatísticas

Desejam5
Trocam1
Avaliações 4.2 / 16
5
ranking 44
44%
4
ranking 50
50%
3
ranking 6
6%
2
ranking 0
0%
1
ranking 0
0%

26%

74%

João gregorio
cadastrou em:
16/03/2017 21:56:06
Patrícia
editou em:
30/03/2017 10:20:17