Woven in Moonlight

Woven in Moonlight Isabel Ibañez


Compartilhe


Woven in Moonlight





Uma exuberante tapeçaria de magia, romance e revolução, inspirada na história política da Bolívia.

Ximena é uma substituta da última realeza Ilustre. Seu povo perdeu tudo, quando o usurpador, Atoc, fez uso de uma antiga relíquia para invocar fantasmas e expulsar os Ilustres da cidade. Agora, Ximena está motivada por sua insaciável sede de vingança, e sua rara habilidade de envolver a luz do luar.

Quando Atoc exige a mão real da Condessa em casamento, é dever de Ximena ir em seu lugar. Ela aproveita a oportunidade, já que espiões Ilustres informaram que Atoc já não está mais carregando sua relíquia mortal. Se Ximena conseguir encontrá-la, ela poderá resgatar o lugar de direito da verdadeira aristocrata.

Ela procura a relíquia usando sua habilidade de tecer para deixar mensagens escondidas para a resistência. Mas quando um vigilante mascarado, uma princesa calorosa e uma curandeira inteligente desafiam Ximena, sua missão se torna mais difícil. Poderia haver uma maneira de derrubar o usurpador sem iniciar outra guerra, mas somente se ela virar as costas para a vingança - e sua Condessa.

Fantasia / Ficção / Jovem adulto / Literatura Estrangeira

Edições (1)

ver mais
Woven in Moonlight

Similares

(1) ver mais
Written in Starlight

Resenhas para Woven in Moonlight (5)

ver mais
on 14/4/20


No livro tem um pouco da cultura dos povos pré colombianos o que eu achei bem legal já que poucos são livros que tem algo assim, os personagens são de povos inimigos e vemos como eles, mesmo sem se conhecer, já acham um que o outro é uma pessoa horrível mas ao decorrer da história eles vão percebendo que talvez alianças possam evitar mais mortes e você também fica curioso sobre a identidade do El Lobo que é meio que um Robin Hood.... leia mais

Estatísticas

Desejam15
Trocam1
Avaliações 3.7 / 22
5
ranking 36
36%
4
ranking 32
32%
3
ranking 14
14%
2
ranking 14
14%
1
ranking 5
5%

2%

98%

Daiane
cadastrou em:
14/04/2019 15:13:11
Daiane
editou em:
06/06/2019 12:56:56