Bruzundangas, Os

Bruzundangas, Os Lima Barreto




PDF - Os Bruzundangas


Mulato, pobre, revoltado, Afonso Henriques de Lima Barreto (1881-1922) utilizou seu enorme talento para combater as oligarquias, o racismo e as desigualdades sociais. Sua literatura, embora contundente, é marcada pela sátira, e "Os bruzundangas" são o seu grande exemplo.

Bruzundangas é um país hipotético descrito por um brasileiro e que possui todos os problemas do Brasil. Lá ocorre o nepotismo desenfreado, há privilégios e favorecimentos aos políticos, a saúde e a educação são tratadas em segundo plano, num conjunto de mazelas que – o leitor verá –, publicadas após a morte do escritor, em 1923, mantém uma terrível atualidade. Tal qual sua obra-prima O triste fim de Policarpo Quaresma (1911), este livro enquadra-se naquilo que Lima Barreto qualificou de "literatura militante", cuja missão era "fazer comunicar umas almas com as outras (...) reforçando deste modo a solidariedade humana, tornando os homens mais capazes para a conquista do planeta e se entenderem melhor, no único intuito de sua felicidade". Tudo com o estilo e o humor que o colocam entre os gigantes da nossa literatura.





Bruzundangas, Os

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Vídeos Bruzundangas, Os (1)

ver mais
Os Bruzundangas - Lima Barreto

Os Bruzundangas - Lima Barreto


Resenhas para Bruzundangas, Os (17)

ver mais
Es tú, Brasil ?


Lima Barreto está na moda. Escrevo sob o impacto da realização da primeira FLUPP, a Feira Literária das UPP`s, evento que aproveitou a iniciativa marcante da pacificação de boa parte dos morros e comunidades do Rio de Janeiro, para discutir e descobrir a literatura fora dos salões acadêmicos. E o que o nosso Lima tem a ver com isso ? Tudo, visto que em sua época, o escritor teve uma postura quase obsessiva em desnudar o mundo literário de seus rapapés e cerimônias e trazê-lo o mais per...