O Elogio da Loucura / O Livre Arbítrio

O Elogio da Loucura / O Livre Arbítrio Erasmo de Roterdã
Arthur Schopenhauer




PDF - Os Grandes Clássicos da Literatura


Livre-arbítrio (ou livre-alvedrio) é a crença ou doutrina filosófica que defende que a pessoa tem o poder de escolher suas ações. A pessoa faz essa escolha baseando em um análise relacionada ao meio. A escolha é feita para beneficiá-la ou não.

A expressão costuma ter conotações objetivistas e subjetivistas. No primeiro caso indicam que a realização de uma ação por um agente não é completamente condicionada por fatores antecedentes. No segundo caso indicam a percepção que o agente tem que sua ação originou-se na sua vontade. Tal percepção é chamada algumas vezes de "experiência da liberdade".

A existência do livre-arbítrio tem sido uma questão central na história da filosofia e na história da ciência. O conceito de livre-arbítrio tem implicações religiosas, morais, psicológicas filosóficas e científicas. Por exemplo, no domínio religioso o livre-arbítrio pode implicar que uma divindade onipotente não imponha seu poder sobre a vontade e as escolhas individuais. Em ética, o livre-arbítrio pode implicar que os indivíduos possam ser considerados moralmente responsáveis pelas suas ações. Em psicologia, ele implica que a mente controla certas ações do corpo.





O Elogio da Loucura / O Livre Arbítrio

O PDF do primeiro capítulo ainda não está disponível

O Skoob é a maior rede social para leitores do Brasil, temos como missão incentivar e compartilhar o hábito da leitura. Fornecemos, em parceira com as maiores editoras do país, os PDFs dos primeiros capítulos dos principais lançamentos editoriais.

Resenhas para O Elogio da Loucura / O Livre Arbítrio (1)

ver mais
OS GRANDES


Esta obra deveria se chamar OS GRANDES CLASSICOS DA FILOSOFIA,pois trazem duas grandes obras do panorama filosofico Erasmo de Roterdã e Artur Schopenhauer. A loucura se auto-elogiando e a reflexao profunda sobre nosso livre arbitrio. ...