Deus e o Mal

Deus e o Mal Gordon Clark




Resenhas - Deus e o Mal


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Hélio 26/04/2021

Deus e o Mal: O Problema Resolvido - Gordon H. Clark
Uma das objeções que são constantemente feitas ao cristianismo é o problema do mal. Se Deus é amor e todo poderoso como pode existir o mal?
Neste livro Dr. Clark se propôs a resolver este problema. Depois de lido, percebi que esse problema não foi totalmente resolvido. Essa questão tem gerado debates desde o início do Cristianismo que perdura até os dias atuais e com certeza ainda vai continuar. Mesmo acreditando que o Dr. Clark não solucionou completamente este problema, ele conseguiu dar uma resposta mais coerente do que os demais sistemas filosóficos e teológicos que rebaixam Deus.

O autor trabalha os conceitos de causas primárias e secundárias e afirma que Deus é soberano e Ele decreta todas as coisas, mas isto não torna Deus o autor do pecado. O homem, a causa secundária, exercendo a livre agência (Que é diferente de "livre a arbítrio") é o responsável pelo pecado. Transcrevo o seguinte parágrafo em que o Dr. Clark esclarece melhor, que Deus não é o autor do pecado:

"Quando, consequentemente, a discussão chega a Deus como sendo o autor do pecado, tem-se de entender que a questão é: É Deus a causa imediata do pecado? Ou, mais claramente, Deus comete pecado? Essa é uma questão que diz respeito à santidade de Deus. Ora, deveria estar claro que Deus não comete pecado tanto quanto não está escrevendo estas palavras. Embora a traição de Cristo tenha sido ordenada desde a eternidade, como um meio de efetivar a expiação, foi Judas, não Deus, quem traiu Cristo. As causas secundárias na história não são eliminadas pela causalidade divina, mas, ao contrário, são confirmadas. E os atos dessas causas secundárias, tanto os justos quanto os pecaminosos, devem ser atribuídos imediatamente aos agentes; esses agentes é que são responsáveis".

O autor ainda trabalha o conceito de "Ex-lex", que afirma a ideia de que Deus está acima de qualquer lei. As leis que Deus impõe aos homens não se aplicam à natureza divina.

É um bom livro, não tão fácil de entender, por se tratar de um tema teológico e filosófico muito complexo
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Geolê 01/09/2011

Direto e eficaz.
O problema do mal é basicamente assim:

"Se Deus é bom e onipotente, por que existe tanto mal e sofrimento no mundo?"

Que de uma forma mais detalhada é tipo:


1. A Bíblia diz que Deus é bom.

2. A Bíblia diz que Deus é onipotente.

3. Se Deus é bom, ele quer acabar com o mal.

4. Se Deus é onipotente, ele pode acabar com o mal.

5. O mal não foi acabado.

Conclusão. Deus ou não é bom, ou não é onipotente.

Em outras palavras, o Deus da Bíblia não existe.


SE as premissas estiverem todas corretas, a conclusão é certa. Ao menos pra mim, esse raciocínio não é falso, e sim dedutivo. Mas a questão é: Todas as premissas são verdadeiras?

Esse é um problema que muitos ateístas têm usado contra o cristianismo pra "tentar" mostrar sua incoerência de idéias. Aceitando isso, muitos cristãos, as vezes ingênuos e fracos na fé, se entristecem e se abalam diante desse dilema por não encontrar uma resposta.

Clark mostra nesse livro que isso não é um problema que os cristãos deveriam se preocupar tanto ou recorrer à ignorância. Ele mostra com clareza e facilidade que a cosmovisão Cristã não tem problema com isso e pode dar uma boa resposta pra essa questão.

Ele mostra vários relatos de teólogos durante a história tentando entender e reconciliar a existência de Deus como a Bíblia diz, e a existência do mal. Deixa claro que a comum resposta do livre-arbítrio além de não satisfazer os questionadores, é falsa e não procede da Bíblia.

Mostra que o pensamento conhecido como calvinismo é Bíblico e que coerentemente mostra que Deus é soberano, o homem não é livre e o mal existe para a Glória de Deus.

Me agradou ver como o Clark tratou a questão de forma simples e coerente de forma que qualquer um pode facilmente entender sua linguagem e raciocínio.

É um livro curto...como um artigo, mas é suficiente para a questão.

Livro muito bom.

Que Deus seja exaltado eternamente!

Meu SENHOR REINA!
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR