Victor Hugo

Victor Hugo Max Gallo




Resenhas - Eu sou uma força que avança!


1 encontrados | exibindo 1 a 1


Gláucia 24/01/2017

Eu Sou Uma Força Que Avança - Max Gallo
Esse primeiro tomo cobre a vida de VH do nascimento aos 41 anos de idade.
O terceiro entre 3 filhos (Abel e Eugene), teve na figura da mãe a grande figura feminina, mulher forte que sofreu as humilhações por parte do marido que a trocou por uma mulher bem mais jovem. Os filhos tiveram pelo pai uma relação conflituosa e mesmo assim respeitosa. Apesar de terem sido relegados, VH sempre teve admiração pelo militar que se tornou general condecorado.
Resumão: sempre foi criança retraída e séria, escrevendo seus primeiros poemas aos 14 anos de idade, revelando seu lado romântico desde cedo. Ele e Eugene apaixonam-se por Adele, companheira de infância e com quem o autor se casa. Perde seu primeiro filho, Eugene enlouquece e morre praticamente esquecido num asilo. Tem 4 filhos, sendo Leopoldine sua preferida. Essa morre aos 18 anos afogada juntamente com o esposo. Aos 31 torna-se amante de Juliette, atriz de teatro. Aos 39 é eleito para AFL após ter sido rejeitado por 3 vezes.

Até o momento, o autor havia produzido principalmente poesia e peças teatrais e um dos romances que mais conhecemos: Notre Dame de Paris. Homem vaidoso de suas qualidades, queria ser conhecido e admirado. A ele só interessava ser Chatoubriand ou nada. Nessa primeira fase o autor me pareceu um pouco perdido na vida, mesmo em relação à seu posicionamento político, parecendo temer desagradar aos interesses da Monarquia.
E a forma como ele tratou Juliette, ah, espero que vc mude muito pra subir no meu conceito.
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1