É Preciso Recomeçar

É Preciso Recomeçar Célia Xavier de Camargo...




Resenhas - É Preciso Recomeçar


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Jacque 08/09/2015

devastadora
história comovente
comentários(0)comente



Virginia 26/12/2013

Devemos confiar na vida, pois mesmo com nossas escolhas erradas, sempre temos chance de recomeçar.
Laura apaixonou-se por Afonso, um jovem atleta. Ela é fiel, nao divide seu coração. Ele a ama, mas é voluvel, as escondidas, em meio a alegres noitadas, entrega-se a bebida.Na companhia da namorada é disciplinado, mas longe dela....
Uma gravidez indesejada os conduz ao casamento.
Afonso não suporta o peso da responsabilidade e se torna um alcoolatra.
A obsessão, o perigo invisivel ronda o lar de Laura.
comentários(0)comente



Marcos 15/11/2012

É preciso recomeçar traz a história de Laura e Afonso, um jovem casal que passa pelas dificuldades no relacionamento. Afonso era um jovem atleta de família rica e esnobe, que não tinha grandes interesses nem pretensões na vida. Ao conhecer Laura acaba se apaixonando e, em pouco tempo, se casando e tendo filhos com a mesma. Ao se ver como pai de família e única fonte de renda da casa, Afonso passa a trabalhar como mecânico e entra para o vício do álcool, na tentativa de encarar a vida. Com o tempo este problema se agrava, o que acaba causando sua morte por cirrose hepática. Sem seu marido e com três filhos pequenos para criar, Laura começa a ter graves dificuldades financeiras. Com saudade do marido e querendo se comunicar com ele, recorre ao Espiritismo e acaba descobrindo que Afonso não está aceitando sua morte.

Quer continuar a ler a resenha? Acesse: http://capaetitulo.blogspot.com.br/2012/11/resenha-e-preciso-recomecar-de-celia.html
comentários(0)comente



Vanessa Meiser 25/06/2012

http://balaiodelivros.blogspot.com/
Defino este livro como 'rico em conteúdo', realmente esta foi a impressão que fiquei da história que é muito bem escrita e que tem por objetivo mostrar ao leitor o quanto nossas ações bem ou mal pensadas interferem tanto na nossa vida quanto na vida das pessoas que nos cercam.
Laura é uma mulher dedicada e apaixonada por sua família. Casada com Afonso e mãe de três filhos lindos e amorosos. Ela poderia se considerar plenamente feliz não fosse o fato de seu marido ter se tornado um alcoólatra.
Afonso é filho de pais ricos mas que escolheu uma mulher simples para casar, devido a isto, seus pais nunca o ajudaram financeiramente, não aprovavam Laura como a escolha de Afonso.
Depois de muitos anos de casamento, o orçamento da família estava bastante comprometido e foi na bebida que Afonso encontrou consolo para seus problemas cada vez maiores.
Laura depois de muito pensar em como ajudaria a família a se recuperar decidiu fazer doces para vender, porém seu marido foi contra, não aceitava que sua mulher trabalhasse e devido à criação machista que recebeu na infância, pensava que somente o marido teria o dever de sustentar a casa. Por vezes era agressivo com sua mulher e seus filhos que com o passar do tempo ao invés de adquirirem respeito pelo pai, adquiriram um medo cada vez mais constante.
Mesmo contra a vontade de Afonso, Laura passou a fazer seus doces e suas encomendas estavam crescendo a olhos vistos possibilitando à família uma melhor condição de vida.
Afonso, que desde criança via seu pai bebendo 'socialmente', adquiriu o hábito ainda na juventude. Quando casou com Laura escondeu dela o fato de que já era viciado em bebida, mas com o tempo foi ficando impossível que sua mulher não percebesse, até que numa noite depois de uma bebedeira com seus 'amigos' passa mal e é preciso ser levado ao hospital em coma. Lá é atendido pelo doutor Carlos, um médico sempre muito atencioso e que cuidou de seu paciente com todo zelo possível.
Sem ter o pai em casa para cuidar dos filhos e sustentar a casa, Laura precisou trabalhar ainda mais e para isto contava com sua vizinha Gertrudes para que olhasse por seus meninos. Foi Gertrudes quem apresentou a doutrina espírita à Laura convidando a amiga para comparecer a uma reunião no centro em frequentava. Laura e os três meninos imediatamente se identificaram com os temas abordados e tornaram-se assíduos no centro.
Começaram então a entender melhor o motivo pelo qual estavam passando por aquelas dificuldades e porque Afonso havia se entregue à bebida daquela maneira tendo ele um espírito fraco e que apesar de instruído, não foi capaz de lutar contra o vício, levando muito sofrimento à sua família.
Bom, o livro possui ao todo 473 páginas, mas apesar do tamanho é de fácil leitura por ser escrito de uma forma bem acessível e próxima do leitor. Considero como um rico aprendizado e uma leitura prazerosa apesar do tema forte. Eu gostei muito da história, não só porque sou fã de livros espíritas, mas também por ser uma história de superação que vale muito a pena ser lida e relida.
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4